Publicidade
Esportes
CHAMADA DE ATENÇÃO

'Não podemos reagir somente após levar gol', diz capitã do Iranduba após derrota

Início ruim do Hulk no duelo contra o São José-SP foi decisivo para o clube conhecer a segunda derrota no Brasileirão, segundo Djenifer Becker 12/07/2018 às 01:23 - Atualizado em 12/07/2018 às 07:05
Show djn
(Foto: Antônio Lima)
Camila Leonel Manaus (AM)

Acostumado às altas temperatura de Manaus, principalmente nesta época do ano, o Iranduba viveu uma realidade diferente em São José dos Campos, interior de São Paulo, na partida contra o time da casa: Jogo às 15h com temperatura em 19 graus. Não bastasse o frio, o Iranduba ainda levou um 'balde de água fria' com o gol de Michelle aos sete minutos de jogo. Para a capitã do Hulk, Djenifer Becker, o clima não é desculpa para a derrota por 2 a 0 frente ao São José.

"Não (se o frio atrapalhou o time). No calor do jogo nem do frio dá para lembrar. Temos que assumir o resultado e não achar desculpas", disse a camisa oito.

Para Djeni, faltou concentração no início da partida e o time pagou caro por entrar em campo desligado. "Precisamos entrar no campo com a postura que ficamos após tomarmos o gol, não podemos reagir sempre somente após levar gol, porque muitas vezes será difícil reverter o placar. Foi o que aconteceu, mandamos no segundo tempo, jogo de ataque contra defesa, e não conseguimos pôr a bola na rede", avaliou.

O Iranduba chega a Manaus na tarde desta quinta-feira (12) já pensando na preparação para a partida contra o São Francisco, na próxima quarta-feira (19), às 20h (de Manaus), na Arena da Amazônia. O Iranduba tem 20 pontos e é vice-líder do Grupo A1. O São Francisco é o sétimo colocado com cinco pontos.

SAIBA MAIS

Treinador do Iranduba elogia equipe, mas espera corrigir erros visando os 'jogos grandes'

Publicidade
Publicidade