Publicidade
Esportes
NA SELEÇÃO

Djenifer Becker, capitã do Iranduba, é convocada para a Seleção Brasileira

A última convocação da jogadora de 21 anos aconteceu em 2014 quando ela disputou um amistoso contra a Austrália 02/06/2017 às 09:29 - Atualizado em 02/06/2017 às 09:45
Show 1233449
Foto: Arquivo A Crítica
Camila Leonel Manaus (AM)

A capitã do Iranduba, Djenifer Becker, foi convocada para os amistosos da Seleção Brasileira contra a Espanha, no dia 10 de junho, em Madrid, e Islândia, no dia 13 em Reykjavik. A atleta recebeu a notícia na tarde desta quinta-feira (1°).  

A última convocação da jogadora de 21 anos aconteceu em 2014 quando ela disputou um amistoso contra a Austrália. Pela seleção Sub-20, Djeni disputou o Sul Americano e o Mundial Sub-17, em 2012. A apresentação da jogadora será no dia 7 deste mês e ela fica com o grupo até o dia 15.

No início da tarde, o diretor de futebol do Iranduba, Lauro Tentardini, publicou uma foto com um documento que comunicava a convocação de Djeni. Ela disse que foi avisada logo que chegou o e-mail.

“Com uma felicidade imensa (recebeu a notícia) em poder retornar a seleção. Estava trabalhando duro para esse dia chegar”, comemorou a atleta, que chega em um ambiente não tão novo, já que teve contato tanto com a técnica Emily Lima, quanto com as demais jogadoras.

“Eu já trabalhei com a Emily no São José, já joguei com algumas atletas que foram convocadas tbm, assim acaba facilitando meu retorno”, acrescentou.

Com cinco gols marcados no Brasileiro feminino, a capitã do Hulk juntamente com o Iranduba estão classificados para a segunda fase da competição nacional. Já não bastava a boa fase, a convocação para el, veio coroar o trabalho que vem fazendo na temporada de 2017.

“Chegar à seleção principal é um dos melhores momentos da carreira de um atleta. Quero fazer um excelente trabalho para me manter lá. Claro que isso tudo está incluso, a boa fase no clube, sequência de vitórias e boas partidas. Agradeço as minhas companheiras de time também. Sem elas, o Iranduba não teria a sequência de vitórias que teve e talvez eu nem seria vista”, explicou.

Por falar em Iranduba, ela será um desfalque para o técnico Sérgio Duarte no jogo de ida das quartas de final contra o Flamengo no dia 14 de junho, no Rio de Janeiro.

Publicidade
Publicidade