Publicidade
Esportes
Craque

Doença do pai seria uma das razões para a aposentadoria de GSP

O lutador teria perdido o foco nas lutas por ter de ver seu pai mais próximo da morte a cada dia, por conta de uma doença degenerativa ainda não revelada. Outro aspecto seria a decisão de sua namorada em abortar devido a uma gravidez indesejada 18/11/2013 às 16:11
Show 1
GSP é um dos campeões mais dominantes a ter pisado dentro do octógono
acritica.com Manaus (AM)

A doença degenerativa do pai e uma gravidez indesejada da namorada seriam razões pelas quais o lutador canadense Georges Saint Pierre estaria considerando a aposentadoria, segundo noticiou o site de fofocas TMZ nesta segunda-feira (18). O campeão dos meio médios do UFC anunciou que precisava de um tempo fora das lutas após vencer o americano Johny Hendricks na noite de sábado (16) no evento UFC 167, em Las Vegas.

O site afirma que fontes familiares do lutador disseram que GSP está arrasado com a morte lenta de seu pai por conta de uma doença ainda não revelada. Para aumentar ainda mais a angustia de GSP, sua namorada estaria disposta a se submeter a um aborto por não querer passar por uma gravidez indesejada.

“Estou ficando louco. Eu tenho problemas pessoais em minha vida. Preciso relaxar. Eu preciso ficar de fora [das lutas] por um tempo. Eu não sei o que eu vou fazer...” disse GSP em um anuncio misterioso na entrevista após a luta.

Estes aspectos fizeram com que GSP não conseguisse mais se concentrar totalmente aos seus treinos e tiraram a luta do foco principal de sua vida.

GSP venceu Johny Hendricks por decisão dividida e muito contestada pela mídia especializada e fãs, que acreditam que o americano merecia ter vencido GSP.

Indecisão

A organização do UFC ainda não se manifestou sobre a situação legal do lutador daqui para frente. Não se sabe se GSP deverá abrir mão do cinturão e deixar o posto de campeão vago, ou se permanecerá como o campeão indiscutível até que resolva voltar a lutar novamente.

Publicidade
Publicidade