Segunda-feira, 27 de Janeiro de 2020
ENTREVISTA EXCLUSIVA

Presidente do Fast fala sobre planejamento do clube para 2020

No dia 8 de julho de 2020, o Rolo Compressor completa 90 anos de história no futebol baré. E com calendário cheio, o time tricolor tem missões no Barezão, Copa do Brasil e Série D



Denis_Fast_Entrevista_Ping_Pong_580F1E8E-016A-45A4-A1E8-80489A4C7A41.jpg Foto: Sandro Pereira/Freelancer
14/12/2019 às 18:53

Com o emblema de ‘Novo Fast’ para jornada de competições no futebol baré no ano de 2020, o Rolo Compressor promete muitas novidades.  E a frente deste desafio, o presidente do Fast Clube, Denis Albuquerque, 38, revelou com exclusividade ao CRAQUE o planejamento dentro e fora de campo para temporada 2020. Ele também falou da importância da empreitada na gestão do clube visando os 90 anos de história do clube que será comemorado no dia 28 de julho do próximo ano.

De família fastiana e contato com futebol desde criança, o mandatário do Tricolor de Aço, trabalha no clube há 10 anos. De Diretor Administrativo, Albuquerque se tornou presidente, cargo que ocupa há 11 meses.



Para 2020 o cenário do futebol amazonense tem indicado um ano melhor, pelos fatores de investimento e organização dos clubes. Como o clube tem se preparado dentro e fora de campo para esta temporada?

O Fast hoje está sem dívidas. Desde quando a gente saiu da Série D e da Copa Verde, a gente vem organizando o clube. Então o clube hoje está organizado tanto técnico, como tático e financeiro. Em relação ao elenco do Fast estamos com 90 % fechado. E agora em janeiro nós vamos fazer uma apresentação à nossa torcida, nosso material de jogo, de treino, material promocional, o programa do sócio-torcedor, que vai ser uma coisa inovadora dentro do clube. E é onde a gente pede até que a torcida fastiana, que eles realmente vistam a camisa, comprem o material, porque eles comprando o material, eles vão estar ajudando o clube diretamente. E em relação ao orçamentário, mais uma vez o Fast vai vir com os pés no chão, e nós montamos um time muito competitivo, não fazendo loucura nenhuma, porque uma hora a conta chega e nós temos que pagar. Mas nós vamos trabalhar com uma faixa de 100 mil reais pra esse time de futebol de 2020, e uma coisa eu posso garantir a torcida fastiana, é que o Fast vai brigar pelo título e até um presente que a gente quer dar ao torcedor pelos 90 anos do clube ano que vem.

O Fast vai disputar mais uma vez a Copa do Brasil, e em relação ao valor de 500 mil reais repassado pela CBF, você acredita que esse dinheiro será investimento ao longo da temporada?

Esse dinheiro é muito importante. Nesse último ano não tivemos ajuda de prefeitura, de governo, apenas da diretoria. Então esse dinheiro é muito bem vindo, ele vai ajudar muito, a gente sabe que futebol não se faz sem dinheiro. Então a gente vai usar uma parte desse dinheiro no futebol.

Visando as categorias de base, o Fast pretende contar com esses atletas até para reduzir custos na temporada?

O Fast vai dar oportunidade de seis a oito jogadores da categoria de base, e esses jogadores já se destacavam anteriormente e continuam se destacando. Então o clube vai dar oportunidade a esses garotos e a gente espera que essa oportunidade seja o que esteja faltando pra eles deslancharem. E esperamos que eles agarrem essa oportunidade com unhas e dentes.

O que o torcedor pode esperar do ‘Novo Fast’ na comemoração dos 90 anos de história do clube em 2020?

Essa hashtag ‘Novo Fast’ vem de encontro a nossos pensamentos. Nada contra a diretoria passada, às pessoas que passaram pelo clube. A gente entende que nós precisamos entrar no eixo das coisas novas. Então tudo isso é visando o novo programa do novo torcedor, os sócios torcedores que estiverem adimplentes nos pagamentos nos jogos vão estar ganhando prêmios. E em relação a isso, é que nós estamos introduzindo uma avaliação médica nos jogadores, eles só assinam o contrato após o resultado dos exames pra ver se o jogador está apto. E o Novo Fast vai contar com o suporte de fisiologia, de nutricionista, de psicólogo. Então o Fast ter agora, e uma coisa que o clube nunca teve, e vamos ter esses detalhes pra fazer a diferença em 2020. 

Qual o número atual do quadro de sócio-torcedores do Fast Clube?

Esse novo quadro de novo sócio-torcedor vai ser algo local, vai ser administrada aqui. E na última vez que recebi os dados e números do quadro, o Fast tinha 300 sócios torcedores entre ativos e inativos. E a gente pede que o torcedor compre sua camisa, caneca, boné, porque todo esse dinheiro arrecadado na venda desses produtos vão ser direcionados ao futebol.

Como vocês estão trabalhando a imagem do clube para ganhar novos adeptos do Fast?

O Fast está com um projeto inovador no futebol amazonense. Nós estamos montando uma boutique online, uma boutique itinerante com disk entrega, a gente está trazendo muitas novidades pra tentar trazer esse público de volta aos jogos.

Você acredita que o Barezão 2020 pode ser uma dos mais competitivos da história, e isso pode fortalecer o Fast nas competições seguintes da temporada? 

Não tenho dúvida nenhuma. Vai ser um campeonato muito difícil com a volta do São Raimundo, o surgimento do Amazonas, o Manaus mantendo uma base e disputando a Série C. Então o Fast não vai fugir dessa regra, o elenco está sendo montado com muito cuidado. E a gente espera um grande campeonato, e esperamos sair fortalecidos.

Nos últimos dois anos, o Fast Clube fez a pré-temporada na Venezuela. Para 2020, quais os planos da diretoria?

Nossa pré-temporada vai ser em Manaus mesmo até pelo curto prazo até o campeonato amazonense do ano que vem. O Fast se apresenta no dia 6 de janeiro, e já temos alguns amistosos marcados em alguns municípios do Amazonas, que já está acertado.
 

Qual mensagem o senhor deixaria para o torcedor fastiano, em destaque aos 90 anos de história que vai chegar?

Eu estou muito entusiasmado, estou muito feliz e a gente sabe que não consegue agradar todo mundo, sempre vai ter um que vai criticar. Mas o pedido que eu faço ao torcedor fastiano de verdade, que vá ao estádio, que compre seu ingresso, compre a sua camisa pra ajudar o clube. E o clube está muito organizado, e que o torcedor acredite que estamos fazendo tudo com muito carinho.  E nós contamos com o apoio de todos, não só do torcedor fastiano, mas de todos aqueles que gostam do futebol amazonense, e espero que essa temporada de 2020 seja muito boa.

News 48367672 1136721996505445 2342939255929569280 n 2dad860c 0057 4e2e b7f5 f53181960f2f
Repórter do Craque
Jornalista formado na Ufam, campus de Parintins. Estudante de pós-graduação em jornalismo esportivo na Universidade Estácio de Sá. Repórter do Caderno de Esporte ‘Craque’ de A Crítica desde novembro de 2018.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.