Segunda-feira, 19 de Agosto de 2019
Clássico amistoso

Princesa e Nacional jogam em amistoso que serve de preparação para a Série D

Jogo deste domingo (29) faz parte do trabalho de condicionamento dos elencos para a disputa da Série D



936513.JPG Os jogos entre as equipes decidiram os últimos três campeões amazonenses. (Foto: Antônio Lima)
28/05/2016 às 17:37

A maior rivalidade do futebol amazonense dos últimos anos está de volta. O Princesa do Solimões recebe o Nacional em seus domínios em jogo amistoso. As duas equipes usam a partida como preparação para a Série D do Campeonato Brasileiro que inicia em duas semanas. O jogo neste domingo (29) acontece no Gilbertão, a partir de 15h30.

Este é o primeiro teste do time de Manacapuru desde que iniciou a preparação para competição, a base do time segue sendo a mesma que disputou a Copa do Brasil, quando foi eliminado pela Chapecoense.

Já o Nacional ainda trabalha na remontagem do time depois do desmanche motivado pela eliminação precoce na Copa do Brasil, contra o Dom Bosco-MT. O Leão já disputou um amistoso nesta fase de preparação e venceu o Baré-RR no último domingo (22).

PRINCESA

Do lado do time de Manacapuru a maior novidade do time deve ser o atacante Leonardo, o Índio Negro, que deve fazer a estreia pelo Tubarão do Norte, anos depois de conquistar três títulos de campeão amazonense pelo time do Nacional.

Se os novatos querem mostrar serviço, os remanescentes estão dispostos a mostrar porque ficaram no time.  “A gente sabe que é amistoso, mas a rivalidade é boa, faz com que a gente se empenhe ainda mais”, explicou Michel Parintins.

NACIONAL

O Leão deve mexer no time que disputou o último amistoso, a zaga deve ter novidades com a entrada de Tiago Bernardi na vaga de Roberto Dias.  Rodrigo Fernandes e Osmar, lesionados, não treinaram entre os titulares. O time também deve treinar novas variações táticas e a tendência é que entre com três atacantes em campo. Na sexta-feira (27) treino, inclusive, foi acompanhando de perto pela diretoria do time, mas não agradou nem quem estava a beira do campo. “Eu não gostei do treino não” resumiu o treinador Vagner Benazzi, que reclamou principalmente da armação das jogadas. Questionado sobre a possibilidade de encontrar um jogo mais duro, ele também foi direto: “Sem dúvida” disse Benazzi.

HISTÓRICO

A rivalidade entre as duas equipes tem potencializado nos últimos anos. Os times protagonizaram as últimas três finais de campeonatos amazonenses O último confronto das equipes foi justamente no jogo de decidiu o Barezão do ano passado, com vitória do Nacional, que deu o título à equipe. Nos últimos três confrontos, o Nacional venceu todos.

Um dos números favoráveis ao time de Manacapuru é justamente o fator casa. Na última vez que enfrentou o rival no Gilbertão, em 2013, venceu o Nacional e ergueu o título de campeão amazonense daquele ano.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.