Quarta-feira, 19 de Junho de 2019
PEQUENA FERA

'Quero ser campeã brasileira!', diz Laís Lima, promessa do jiu-jítsu do Amazonas

Atleta busca apoio para campeonato a ser realizado em São Paulo



Lais_5.jpg Laís tem somente sete anos e já conquistou vários títulos no jiu-jítsu. (Foto: Evandro Seixas)
07/04/2018 às 16:39

Laís Lima, 7, é um dos grandes destaques do Amazonas no jiu-jitsu. Ela possui várias medalhas de ouro, homenagem da Assembleia Legislativa do Amazonas e, principalmente, muita vontade de vencer. Com pouco mais de um ano na arte suave e vários bons resultados, ela  é considerada um talento nato – que agora tem um novo desafio: conseguir passagem e hospedagem para participar do Campeonato Brasileiro da modalidade, chancelada pela  Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu, que será realizado nos dias 28 e 29 de abril, em Barueri – São Paulo.

“Espero que eu seja campeã brasileira e muitas coisas a mais. Meu pai tá correndo atrás de passagem porque eu acho que ele tem um cartão pra comprar uma, aí a gente tá precisando de outra passagem, então, eu peço uma ajuda de vocês”, disse a doce Laís.

Mas não se engane, pois a doçura dela fica somente do lado de fora dos tatames. “Eu comecei a lutar para ficar bem forte”, afirma Laís, que quando está lutando parte para cima oponente, decidida. “Ela tem uma historinha bonita, é uma menina que tem o dom, treina bem, muito forte”, ressalta seu pai, Nonato Lima.

É o que diz também o seu mestre, da academia Bronx House, Gabriel Moraes. “A Laís está conseguindo absorver bem a arte suave, sendo bem objetiva na hora da luta, sempre tentando finalizar. Com isso, ela sabe que ganha e toda criança quer ganhar. Isso alimenta ela e a estimula a querer aprender, aperfeiçoar a técnica para ter o caminho mais fácil para a finalização, que é o objetivo da luta”, explica Gabriel. Ele acredita que o jiu-jitsu traz diversos benefícios para Laís e para os demais lutadores. “Ela treina porque gosta. Se identificou com a luta, que tem seus bons benefícios, melhora a auto-confiança, a socialização, a coordenação motora, o desenvolvimento cognitivo, e traz vários outros benefícios”, garante.

Tal pai, tais filhas

Nonato  é pai da pequena lutadora Laís Lima, mas também é pai de Letícia, 10, que também treina jiu-jitsu. Ele luta desde os 18 anos, e conta que foi seguindo o seu exemplo que as meninas começaram no esporte. “Elas sempre assistiam aos meus treinos, até que há um ano e meio, me pediram: - Pai, queremos lutar também!  Aí eu falei: - não, não vou comprar kimono para vocês que é caro..., Mas a mãe delas insistiu, eu comprei e deu certo”, conta o pai.

Estreia com ouro

Tem dado muito certo, especialmente para a pequena Laís, que impressiona a todos com seu grande talento.  “No primeiro campeonato ela já foi campeã, fomos insistindo, insistindo e ela logo foi campeã amazonense, que é muito difícil, mas isso porque eu incentivo, trago sempre para treinar, porque ela tomou gosto”.

A paixão pela arte marcial foi consolidada e, agora, ele quer que a filha alcance novos horizontes. “Queremos ir ao Brasileiro porque sei que a Laís tem todo potencial para ser campeã, vai ser, e hoje a nossa luta é essa, ir à competição em São Paulo”, resume.

Para Nonato, ver as filhas lutando é a sua terapia. “Meu trabalho é muito estressante, então, chegar aqui e ver o dom nelas é minha terapia. Chego uma hora antes do treino com elas, e já faço os ajustes, mostro onde estão errando, então tenho o maior cuidado”, afirma.

Auto-confiança

Laís afirma, sobre seu currículo de vitórias, que só não venceu nas ocasiões em que não estava tranquila para a luta. “Confio em mim. Às vezes, eu fico nervosa nas competições, mas a maioria dos campeonatos eu ganhei, só perdi quando estava muito nervosa”, explica.

A sua irmã, Letícia, é sua fã e, assim como Laís, é campeã amazonense de jiu-jítsu. “Treinamos juntas e vejo como ela é forte, então, acredito que vai ser campeã no Brasileiro”, afirma Letícia. 

 

 

Receba Novidades


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.