Publicidade
Esportes
Siga o líder

Sem Gabriel Jesus, Palmeiras recebe Sport tentando manter folga na ponta

Com quatro pontos a mais que o Flamengo, Palmeiras busca vitória sobre o time pernambucano para seguir com vantagem tranquila na liderança 22/10/2016 às 18:43 - Atualizado em 23/10/2016 às 09:50
Show imagem 2381 original
Após eliminação na Copa do Brasil, Palmeiras tem apenas o campeonato brasileiro para se dedicar. (Foto: Cesar Greco/Ag.Palmeiras)
Valter Cardoso Manaus-AM

 Cada vez mais perto do fim do campeonato brasileiro, o Palmeiras segue focado no objetivo de conquistar o título de campeão. O próximo desafio é contra o Sport, neste domingo (23) às 16h, no Allianz Parque, em São Paulo.

 A sete jogos de encerrar a sua participação no torneio, o Verdão segue na liderança isolada da competição. Para a próxima partida, porém, o Verdão não terá sua principal estrela em campo, Gabriel Jesus, suspenso após receber o terceiro cartão amarelo. 
“Pena que não estaremos com o Gabriel, que está suspenso, mas temos de tudo para fazer um grande jogo. Agora faltam 45 dias para o fim do ano. Armazenaremos o máximo de energia para gastar nessas sete partidas”, declarou Cuca.

Mesmo sem o atacante, o treinador projeta a vitória para seguir com a vantagem sobre o segundo colocado, Flamengo. “Estou bem tranquilo e passo esta tranquilidade para eles, temos de ir passo a passo. Temos quatro pontos à frente, e para quem os tem parece tão pouco, mas para quem não os tem, que está buscando, parece maior do que a gente imagina. Temos de saber conviver e jogar cada partida como uma final. A primeira é domingo, um jogo difícil, assim como foi em Recife. Depois disso, faltarão seis partidas”, analisou Cuca, que também destacou a importância do fator casa na reta final do campeonato brasileiro. “É um diferencial enorme. Pode até falar que não ganha jogo, mas ajuda muito. A torcida do Palmeiras é muito boa. Às vezes é impaciente, mas temos de entender que é até pela necessidade de ganhar esse campeonato. Ela tem feito a diferença nesses jogos em casa”, finalizou ele.


Se o líder entra em campo confiante, o rival também entra em campo otimista por um triunfo na casa do adversário, e não tem medo de jogar na defesa para surpreender o Palmeiras.
"Primeiramente, temos que ter cuidado com o início da partida. O Palmeiras é uma equipe que tem um começo muito agressivo quando joga em casa. Eles praticam uma marcação forte e a nossa não pode ser diferente. Temos que começar atentos e marcando firme, sem dar espaço para o time deles, que tem muita qualidade, e vai tentar nos surpreender no início", disse Diego Souza, atacante do Sport, com passagem marcante pelo Palmeiras.

O time pernambucano ainda se reestrutura depois da saída do técnico Oswaldo de Oliveira, que foi para o Corinthians, mesmo assim o time vem de um importante triunfo sobre o Vitória. Com a confiança em alta, Diego Souza acredita que o time tem jogadores para fazer a diferença em campo e ajudar o time na fuga da zona de rebaixamento.
"Sem dúvida temos um elenco que gosta dos maiores desafios. Esse é o tipo de partida que vai receber a atenção do Brasil inteiro. São nesses jogos, inclusive, que o jogador fica marcado na história", finalizou Diego Souza, que fez sua estreia com a camisa rubro-negra justamente em uma partida contra o Palmeiras, no Brasileirão de 2014, na Arena Pernambuco. 

Atualmente, o Sport é o 14º colocado com 37 pontos somados. A partida contra o Palmeiras será válida pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro
 

Publicidade
Publicidade