Publicidade
Esportes
Duelo de Alvinegros

Tentando fugir do rebaixamento, Figueira enfrenta Atlético Mineiro

Em posições na tabela, algo em comum: as duas equipes querem vencer para manter vivos nos objetivos dentro do campeonato 23/10/2016 às 11:17
Show foto getty imagens
As duas equipes foram derrotadas na última rodada do Brasileirão e tentam se recuperar (Foto: Getty Imagens)
Camila Leonel Manaus (AM)

Atlético Mineiro e Figueirense se enfrentam às 17h30 no Independência, em Minas Gerais. O Figueira viaja com a tensão contra o rebaixamento. Na 18° colocação, o time catarinense faz o que pode para ganhar forças nas últimas rodadas do Brasileiro. O Atlético joga em casa, está na terceira colocação, mas nem por isso está mais tranqüilo. Com a derrota na última rodada, o time viu o Santos encostar.

Além do Santos encostar e ficar a um ponto do Galo – que só não foi ultrapassado porque o Peixe empatou com o Grêmio – Marcelo de Oliveira diz que é obrigação o time não descuidar do brasileiro mesmo estando nas semifinais da Copa do Brasil.

 “Teremos uma conversa para mobilizar o grupo. Não pode haver nenhum relaxamento. Ainda temos possibilidades, o futebol pode tudo. Palmeiras e Flamengo têm jogos complicados. Além disso, temos pretensões de ficar entre os três primeiros do Brasileiro. Ainda temos a Copa do Brasil na reta final. Não dá para priorizar, mas podemos pensar em poupar alguns jogadores que estiverem desgastados fisicamente”, disse o treinador.

E é com isso que o Figueirense conta. Com o fato do  Galo ter jogado no meio da semana, o time espera um certo cansaço.

 "Eu acredito que nessa parte de ter feito um jogo na semana temos vantagem sobre eles. Além de estar mais descansado e não ter uma pressão psicológica de um jogo decisivo na semana. O Atlético é muito qualificado e ele tem um estilo de jogo próprio, sabemos que será muito difícil eu tenho boas lembranças de lá e a gente vem fazendo bons jogos", disse o lateral Marquinhos Pedroso.

 Porém mesmo com a vantagem do descanso na semana, os catarinenses sabem que em seus domínios, o Atlético terá uma postura agressiva.

“Principalmente no início do jogo eles vão vir com tudo. É a característica do time deles, estão em casa, além disso estão brigando pelo título. Temos que procurar algo de diferente para sair com a vitória. A nossa principal característica é ter a velocidade nas laterais do campo”, completou.

Publicidade
Publicidade