Quinta-feira, 22 de Agosto de 2019
Novidade no Fogão

Dudu Cearense é apresentado no Botafogo e pede 'mentalidade vencedora'

O jogador de 33 anos foi apresentado nesta quinta-feira (2) em General Severiano



27147397270_3fe7a5f80b_c.jpg O jogador já está regularizado e pode entrar em campo no próximo domingo (Satiro Sodré/SSPress/Botafogo)
02/06/2016 às 19:49

O Botafogo apresentou na tarde desta quinta-feira (2), o volante Dudu Cearense para a sequência da temporada. O jogador de 33 anos, ex-Fortaleza, foi apresentado oficialmente após o treinamento desta quinta-feira, em General Severiano, e chega para agregar experiência ao meio-campo Alvinegro. Pedido de Ricardo Gomes, o atleta está à disposição e já pode ser atualizado pelo Santos, no domingo.

“Estou imensamente feliz por fazer parte desse clube e espero contribuir ao máximo dentro e fora de campo com muito trabalho e uma mentalidade vencedora a cada dia e jogo. Primeiro vencer e segundo manter a regularidade, enfrentar cada jogo como se fosse o último. É trabalhar para buscar as vitórias. A equipe está bem e infelizmente os resultados não estão aparecendo. É manter a persistência que os resultados vão aparecer”, disse.

“É difícil falar, cada jogo tem uma história. Não gosto de falar e prefiro viver jogo após jogo. Alguns torcedores já me conhecem e prefiro pensar jogo a jogo. Estou com uma vontade de vinte anos de idade, mas tenho a consciência que cada partida pra mim é como se fosse a última. É uma oportunidade única na minha carreira, de jogar num clube gigante. Temos que fazer um bom trabalho hoje para entrar para a história amanhã”, disse Dudu.

Pedido de Ricardo Gomes, Dudu Cearense desembarca com moral em General Severiano. Não só pela qualidade em campo, mas pela experiência no mundo da bola. o jogador elogiou o treinador Ricardo Gomes, com quem já trabalhou na juventude, e citou como uma de seus objetivos no clube implementar uma mentalidade vencedora.

“Sou suspeito a falar do Ricardo. Trabalhei com ele na seleção Sub-23 e quando soube do interesse fiquei muito lisonjeado. Quando se tem a confiança do treinador a honra é imensa. É manter os pés no chão e trabalhar. Mentalmente eu não mudei e minha missão vai até o fim da minha carreira. Vim pra cá para implementar uma mentalidade vencedora no dia a dia. Estou mais experiente e sei que não tenho mais vinte anos. A vontade de vencer é a mesma, uma oportunidade única para ser aproveitada”, ressaltou.

Questionado sobre o começo de campeonato do Botafogo, Dudu Cearense foi preciso e tratou de frear a ávida imprensa. O jogador também falou da ansiedade para vestir a camisa alvinegra.

“A pressão no futebol é uma coisa normal. É como se fosse um pacote quando se é contratado. Em qualquer clube a cobrança é natural e temos que nos cobrar internamente. Cheguei e quero ajudar muito. Temos jogadores importantes machucados e que entrarão em breve. Precisamos vencer a cada jogo e não ter medo de enfrentar adversários. A ansiedade é uma arma e você acaba sofrendo antes. É um dia após o outro e vou trabalhar sem pressa para ter uma oportunidade e fazer o melhor para a equipe” destacou.

O Botafogo de Dudu Cearense volta a campo no domingo diante do Santos, domingo, às 10h, no Pacaembu. O Glorioso ocupa a 15ª colocação no Campeonato Brasileiro e busca a recuperação contra a equipe paulista. Regularizado, Dudu já pode estrear.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.