Publicidade
Esportes
Craque

‘Duelo de Leões’: Nacional e Remo duelam na Arena da Amazônia pelo Brasileirão da Série D, hoje

Equipes do Amazonas e Pará, que têm como mascotes um leão, se enfrentam pela 5ª rodada do Brasileirão da Série D, no mesmo palco de 1 ano e cinco meses atrás 10/08/2015 às 10:43
Show 1
Nacional e Remo inauguraram a Arena da Amazônia em março do ano passado
Anderson Silva e Denir Simplício Manaus (AM)

Chegou a hora da verdade pro time do Naça. O “Duelo de Leões”, às 20h30 de hoje, na Arena da Amazônia, entre Nacional e Clube do Remo pode definir o futuro do time amazonense no Brasileirão da Série D. Uma derrota do Leão da Vila Municipal  frente ao Leão Azul pode significar o início da derrocada nacionalina no sonho do acesso à Terceira Divisão do futebol brasileiro.

O último embate entre os dois tradicionais times do Norte do Brasil não traz boas lembranças para a torcida do Naça. Há exatos um ano e cinco meses a Arena da Amazônia - palco construído para receber a Copa do Mundo - era inaugurada com o clássico, que valia uma vaga na semifinal da Copa Verde de 2014. Na ocasião, o Duelo dos Leões terminou empatado em 2 a 2, dando a classificação ao time do Pará. 

Assim como no ano passado, a pressão pela vitória é enorme por parte da torcida do Nacional. Mesmo não admitindo, comissão técnica e elenco do Leão amazonense sabem o tamanho do estrago que seria até mesmo um empate contra o Leão paraense. Por outro lado, o Clube do Remo, que desembarcou em Manaus na manhã de ontem, transpira tranquilidade.


A prova disso ficou evidente durante o treino da equipe no fim da tarde de ontem no estádio da Colina. Descontraído, o grupo remista trabalhou a parte física e depois fez um rachão, que contou até  com participação  do diretor de futebol do clube, Fred Gomes.

DR10 liberado pelo DM

Principal peça no esquema do técnico do Nacional, o meia Danilo Rios foi liberado pelo departamento médico. O jogador recebeu uma pancada nas costas no treino da última quinta-feira, ficou sem treinar na sexta e no sábado. Danilo só retornou no recreativo de ontem, no CT Barbosa Filho.

“Estou 100%, estou tranquilo e estou bem. Na verdade fiquei uns treinos fora, mas por precaução. Me preparei e o Lana vai decidir quem vai jogar. Eu me coloquei a disposição”, afirmou o jogador ansioso pelo jogo contra o ex-clube.


“Estou mais ansioso para começar o jogo. É até estranho porque nunca joguei numa segunda-feira. Mas bate a ansiedade porque não é normal concentrar dia de domingo, geralmente a gente está jogando e depois é só encontrar a família”, frisou.

Pouca mudança

O técnico Aderbal Lana ao longo da semana sinalizou que poderá alterar o meio e o ataque. Por conta do  retorno de Charles, o atacante Felipe  ou Nando poderá ceder a vaga para o jogador.

Na retaguarda Nacionalina, o xerifão Mauricio Leal alertou para os principais jogadores remistas.  “O time deles é perigoso e experiente. Temos que ter cuidado com o Eduardo Ramos, Leo Paraíba, Paty... É um clássico, e também temos um time experiente. Vamos em busca dos três pontos e vamos voltar a encontrar o caminho das vitórias”, afirmou.

Publicidade
Publicidade