Sábado, 25 de Maio de 2019
Quem é mais rápido?

Duelo de velocidade entre cavalos e motos deve agitar o fim de semana em Manaus

Motos e cavalos vão disputar quem é o mais rápido. É a 1ª vez que uma prova desse gênero acontece na cidade



26/05/2016 às 20:24

Um encontro de tribos. Assim podemos definir o evento que acontece neste sábado (28). Motos e cavalos vão disputar quem é o mais rápido. É a primeira vez que uma prova desse gênero acontece em Manaus.

“Como a gente acaba sempre se cruzando nas trilhas, o pessoal das motos e dos cavalos, a gente pensou em fazer uma fusão dessa turma, justamente homenagear o Tarumã, que é um lugar muito bonito, muito usado pelos amantes da natureza", explicou o organizador do evento, Miguel Segura.

A ideia foi justamente fazer uma festa onde a gente pudesse confraternizar todas essas tribos. Tribo do MotoCross, do Quadricículo, pessoal do cavalo, e fazer uma festa grande tendo todas essas pessoas como personalidade”, acrescentou.

A prova acontece no Haras Amazon Equus, no Tarunã, e consiste em contornar três tambores, posicionados em uma forma de triangulo, no menor tempo possível.

“Vão ser passados primeiros os cavalos, a gente vai fazer uma tomada de tempo de todas as categorias, infantil, feminino e aberto. Vai ter a categoria iniciantes também, aí a gente vai fazer uma tomada de tempo de todos os cavaleiros", contou Miguel.

"Finalizando a prova de três tambores a cavalo, a gente vai fazer uma disputa entre os motoqueiros. O melhor de cada um deles vai fazer um tira-teima, que é a disputa de máquina versus máquina. Aí que a gente vai tirar a prova dos nove, vai saber realmente quem que é o mais veloz, quem que é o mais habilidoso e quem tem mais destreza” completou.

Apostas

Além da disputa pelo título de mais rápidos e mais habilidosos, a competição vale também dinheiro. Metade de tudo que for arrecadado vai para o vencedor do desafio. Mas quem é o favorito?

“Eu tenho que apostar pelos cavalos, apesar do pessoal tentar me comprar. Tão me dando blusa, tão querendo me comprar (risos). Mas deixa eles, o negócio vai ficar para o dia” brincou o Miguel Segura, representando os cavaleiros.

 Do outro lado, o representantes dos motoqueiros também parece otimista.

“Vai dar moto com certeza” apostou Fábio Golveia, trilheiro, mesmo assim ele admite que vai ser um desafio duro. “Na realidade, a competição é bastante equilibrada”.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.