Publicidade
Esportes
Craque

Dupla 'Mago e Pajé' troca elogios após bela atuação e goleada do Fast Club no Amazonense

O “Mago” Rosembrick e o "Pajé" Michel Parintins foram os melhores em campo na estreia do Rolo Compressor diante do Iranduba, na Colina. Juntos, a dupla tricolor marcou três dos quatro gols da vitória diante do Hulk irandubense 24/02/2015 às 09:32
Show 1
A dupla Mago e Pajé arrebentou com a defesa do Iranduba na partida de abertura do Barezão 2015.
Denir Simplício Manaus (AM)

Assim que começou a partida entre Fast Club e Iranduba, no estádio da Colina, dois jogadores em especial se destacavam dos demais. Como se tivessem crescido jogando futebol juntos, os meio-campistas Rosembrick e Michel Parintins simplesmente infernizaram a defesa do Iranduba. O primeiro é conhecido como “o Mago” por executar magias em campo, e o segundo se tornou o “Pajé” depois marcar dois gols e fazer a dança da pajelança na Colina.  

Rosembrick chegou em cima da hora no Fast Club e nem precisou de muito tempo para se tornar peça chave no esquema do treinador Ney Júnior. No Tricolor, o camisa 10 reencontrou o meia Michell Parintins e juntos os jogadores ajudaram o Rolo Compressor a atropelar o Iranduba na abertura do Barezão 2015. A sintonia entre a dupla é tamanha que ambos trocaram elogios logo após a goleada diante do time alviverde.

O Mago estava atuando no Ypiranga, de Pernambuco, e chegou em ponto de bala à equipe tricolor. A dupla com o Pajé amazonense Michell Parintins beirou a perfeição e ambos foram os destaques do jogo de abertura do Barezão 2015, no estádio da Colina. Questionado sobre a bela atuação logo no jogo de estreia do campeonato, o Mago, como é chamado, preferiu transferir os elogios ao companheiro de equipe.

“Eu nunca gostei de me elogiar, prefiro receber o elogio por parte de vocês da imprensa. Não posso dizer que eu fui 10 ou fui 100, mas eu sempre vou entrar com os pés no chão respeitando a equipe adversária”, disse Rosembrick. “Hoje temos de elogiar o Michell. Ele é um jogador que sabe fazer gol e buscar o espaço. Por isso acertei os passes e os gols foram saindo”, completou.

Michell Parintins também rasgou elogios ao companheiro responsável pelas duas assistências que se transformaram em gols ainda no primeiro tempo de jogo. “O Rosembrick, além de ser uma ótima pessoa, é um ótimo jogador. A gente viu isso aí dentro de campo. É um jogador de muita visão durante a partida e eu estou muito feliz de jogar ao lado dele e dos demais jogadores”, festejou.

Seguindo a mesma linha do companheiro de time, o meia amazonense de 33 anos, afirmou que respeita todos os adversários e que o elenco do Fast Club ainda terá muito trabalho pela frente. “Temos um grupo de muita qualidade. Mostramos isso hoje em campo. Vamos seguir trabalhando em busca de um bom campeonato. São cinco meses pela frente e muita coisa ainda vai acontecer”, finalizou.

A dupla Mago e Pajé volta à campo na próxima segunda-feira (2) diante do Manaus FC, pela segunda rodada do Campeonato Amazonense, no estádio Carlos Zamith, na Zona Leste da capital. A promessa é de mais uma noite de futebol mágico do novo “Casal 20” do futebol Baré.    

Publicidade
Publicidade