Quarta-feira, 03 de Março de 2021
Estreia

Edmilson Jesus avalia como bom o resultado do Penarol diante do Nacional em estreia

Treinador disse que teve alguma desfalques, mas que o time que esteve em campo respondeu bem



WhatsApp_Image_2021-02-19_at_18.49.28_8E758709-EDE3-4C52-AE2E-D152CD6AD94A.jpeg Foto: Juka Balla/ Penarol
19/02/2021 às 20:33

O Penarol estreou na Seletiva de 2020 com empate de 0 a 0 contra o Nacional, no Floro de Mendonça, em Itacoatiara ( a 276km de Manaus).

Após o jogo, o técnico Edmilson Jesus, disse que esperava uma vitória, mas que pelo contexto do jogo, o ponto conquistado não foi de todo ruim



"Jogando em casa sempre tem a expectativa de vitória e quando você empata, parece que não fizemos um resultado bom e não refuto isso. Mas não é só o departamento técnico que tem que funcionar, são outros que tem que funcionar muito bem. O que eu quero dizer com isso? Hoje, infelizmente, nós testamos jogadores com Covid, jogadores importantes não entraram no BID. Eu treinei uma equipe e tive que trabalhar com outra equipe dentro  em campo. Foi um resultado bom e se nós estivéssemos vencido, seria um resultado ótimo", disse o treinador.

De acordo com a diretoria do clube, dois jogadores testaram positivo, mas as contraprovas apresentadas na manhã desta sexta (19) deram negativo. Mesmo assim, o clube preferiu manter os jogadores fora por precaução. Os nomes não foram revelados.

Apesar dos desfalques, o técnico disse que o time que entrou em campo respondeu bem.

 "Os atletas deram resposta muito positiva para nós. Não era o time entrosado que nós estávamos trabalhando, mas responderam bem, cito aqui o Marquinhos e o Ramon, que são atletas que fizeram uma partida perfeita e, taticamente, muito boa", completou.

Sobre o jogo, o Jesus disse que tentou fazer mudanças para melhorar o time, mas diante das medidas do técnico do Nacional, Alan George, que colocou jogadores de velocidade nas pontas, o time precisou se defender.

"Tivemos um controle do jogo nos primeiros 20, 25 minutos, mas ficamos instáveis e eles passaram a agredir mais a gente e caiu a nossa produção. No segundo tempo ajustamos isso, começamos a tomar conta da partida, só que aí que entra o diferencial: o treinador do Nacional agindo, colocou atletas de velocidade pelas beiradas e nós tivemos que nos fechar pra não fomos surpreendidos e aí sim nós desestabilizou. Eu não tinha atleta no banco pra mexer que nos precisávamos e tivemos um pouco de dificuldade mas no âmbito geral tá bom o resultado", finalizou.

O Penarol volta a jogar na próxima terça-feira (23) às 15h30 no estádio Floro de Mendonça contra o Amazonas.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.