Publicidade
Esportes
Craque

Eduardo Paes diz que terrorismo não é preocupação para os Jogos Olímpicos Rio 2016

Sem descartar completamente a preocupação, o prefeito do RJ ponderou que ataques não fazem parte da realidade brasileira e, por isso, não foi tema de reunião 24/11/2015 às 16:15
Show 1
Segundo Paes, o plano de segurança para as Olimpíadas já estava “bem montado”
Isabela Vieira (Agência Brasil) Brasília

O clima de tensão mundial com terrorismo não é uma preocupação para os Jogos Olímpicos. A afirmação é do prefeito da cidade do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, anfitrião dos jogos de 2016.

De malas prontas para a Conferência do Clima das Nações Unidas (COP 21), em Paris, cidade que sofreu ataques terroristas com mais de 120 mortos, o prefeito disse que a humanidade não deve viver com medo.

“A humanidade não pode dar vitória para esses terroristas. A barbárie não pode vencer a civilização”, afirmou Eduardo Paes ao deixar a sede do Comitê Olímpico, no centro da cidade, após reunião de acompanhamento da preparação do Rio para os jogos.

Sem descartar completamente a preocupação, o prefeito ponderou que ataques não fazem parte da realidade brasileira e, por isso, não foi tema da reunião. “Vamos receber um grande evento. Temos de pensar nisso”, acrescentou, esclarecendo que o tema é tratado por órgãos de inteligência.

Segundo Paes, o plano de segurança para as Olimpíadas já estava “bem montado”. “Acho que o esquema de segurança já estava bem montado e seguirá assim. Os organismos de inteligência do mundo vão acompanhar... não tem drama nisso”, disse o prefeito a jornalistas.


Como presidente do C-40 – grupo que reúne líderes das grandes cidades do mundo para decidir e adotar medidas contra as mudanças climáticas, ele assina, com a prefeitura de Paris, uma carta reforçando o convite aos prefeitos a comparecerem à conferência na próxima semana.

Segundo o prefeito, a reunião no comitê discutiu acertos na logística e nas obras para receber a competição. “São coisas de manutenção. Todo mundo que muda para uma casa tem um probleminha que [a gente] vai identificando. É esse tipo de coisa”. Paes confirmou o Parque Aquático Maria Lenk, na Barra da Tijuca, como sede de competições.

A reunião do prefeito faz parte da 12º rodada de acompanhamento da preparação do Rio. Contou com as participações da presidenta da Comissão de Coordenação do COI para os jogos Rio 2016, Nawal el Moutawakel, e do diretor-executivo de Jogos Olímpicos do COI, Christophe Dubi.

Especialistas

Especialistas disseram na semana passada que o Brasil não tem o conhecimento e o preparo necessários para impedir ataques, e que dependerá da ajuda de países estrangeiros para garantir a proteção das Olimpíadas Rio 2016.

Publicidade
Publicidade