Domingo, 26 de Maio de 2019
Craque

‘Ele não é o único’, capitão do Chile afirma que Messi não terá marcação especial

Claudio Bravo, goleiro e dono da abraçadeira da seleção chilena, disse que sua equipe deve se preocupar com todo o time da Argentina. Messi fez grande partida na semifinal contra o Paraguai e é arma dos argentinos na final da Copa América  



1.jpg
O goleiro e capitão do Chile, Claudio Bravo, disse que sua equipe não marcar Messi individualmente.
03/07/2015 às 10:06

A seleção do Chile não irá tentar marcar o craque da Argentina, Lionel Messi, homem a homem na final da Copa América, mas se concentrar em seu estilo de passes rápidos, disse o capitão e goleiro chileno, Claudio Bravo, nesta quinta-feira(2).

Bravo conhece Messi bem graças à última temporada de ambos no Barcelona e reconheceu que será difícil segurar o argentino no sábado.

“Não é fácil, dada a habilidade de Leo. Se você olhar o que ele fez na carreira é incrível, mas não vamos destacar um homem para ele durante os 90 minutos da partida”, afirmou Bravo em entrevista coletiva na concentração do Chile em Santiago.

“Ele não é o único jogando. Temos que nos preocupar com a Argentina como um todo, não só Leo.”

A decisão de sábado colocará Bravo cara a cara com outro companheiro de equipe do Barcelona – o meia-atacante argentino Javier Mascherano.

“É um privilégio jogar contra dois dos meus colegas de clube. Espero que não joguem como fazem muitas vezes no meu clube”, brincou.

“Javier é o coração da equipe, e eles (a Argentina) têm um grande time – não só Leo e Javier, eles têm muitos jogadores ótimos.”



Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.