Publicidade
Esportes
Craque

Em busca de um milagre: com 96% de chance de queda, Vasco está mais perto da Série B

Segundo matemático Tristão Garcia, porcentagem de rebaixamento do Cruz-Maltino voltou a aumentar depois da derrota para Fluminense. Restando cinco jogos, time de Jorginho tem de vencer sequência duríssima para fugir da degola 03/11/2015 às 16:02
Show 1
Segundo matemático, Vasco tem 96% de chance de cair à Série B.
ACRITICA.COM Manaus (AM)

O Vasco da Gama voltou a rotina de derrotas. Foram praticamente dois meses de invencibilidade. Nesse período o Vasco deu certo ânimo ao seu torcedor. O último revés vascaíno havia ocorrido no dia 5 de setembro, quando perdeu para o Atlético-MG por 2 a 1, no Maracanã. Depois foram quatro vitórias e cinco empates, mas bastou o revés no clássico com o Fluminense pro fantasma do rebaixamento assombrar como nunca São Januário.

Depois de perder pro Galo, ainda em setembro, o Gigante da Colina tomou fôlego ao vencer a Ponte Preta, Atlético-PR, Sport e o freguês do ano, Flamengo. Mas a equipe de Jorginho deixou escapar pontos preciosos contra Cruzeiro, Avaí, Chapecoense, São Paulo e Grêmio, quando empatou quando, na maioria dos jogos, poderia ter vencido.

A derrota diante do Fluminense foi um balde de água fria no sonho vascaíno de fugir da Série B de 2016. Segundo o matemático Tristão Garcia, agora o Cruz-Maltino tem 96% de chances de cair. Como se não bastasse as remotas chances de fugir da Segunda Divisão, a sequência de jogos do Vasco é digna de um milagre.


No próximo domingo (8), o Vasco vai ao Allianz Parque pegar o Palmeiras. Depois o time de São Januário recebe o Corinthians talvez precisando da vitória para ser campeão – caso o Timão não vença o Coritiba e o Atlético-MG passe pelo Figueirense, o time paulista entra no Maracanã necessitando vencer para levar o título para o Parque São Jorge.

Achou difícil? Após a dupla de paulistas, o Gigante da Colina encara o confronto direto contra o rebaixamento com o Joinville, na casa do adversário. O Cruz-Maltino retorna ao rio para a última partida com mando de campo e contra o Santos, que estará fazendo as finais da Copa do Brasil.

Para fechar o caixão vascaíno, ou quem sabe tirar a equipe da lama, vem o duelo com o Coritiba, no Couto Pereira. No que pode vir a ser a decisão pela permanência na Série A para ambas as equipes.

Vale lembrar que durante o período sem derrotas do Vasco, a porcentagem de queda era de 85%. Uma derrota frente ao Verdão volta a recolocar os prognósticos de queda para 99%, ou seja, só um milagre salva o time de São Januário.


Publicidade
Publicidade