Quarta-feira, 19 de Junho de 2019
BAREZÃO

Em duelo pelo G4 do Barezão, Nacional vence Iranduba por 2 a 0

No penúltimo jogo da fase de grupos do segundo turno do Campeonato Amazonense de Futebol, o Leão da Vila Municipal deu um importante passo rumo às semifinais



22599601-410e-4b49-995c-c944034a8adf_C64AB23F-C03B-40AB-9709-DB1120EB228B.jpg Foto: Sandro Pereira
31/03/2019 às 18:15

No penúltimo jogo da fase de grupos do segundo turno do Campeonato Amazonense de Futebol, o Barezão, o Nacional deu um importante passo rumo às semifinais. Neste domingo (31), o Leão da Vila Municipal derrotou o Iranduba por 2 a 0, no estádio Carlos Zamith, em Manaus.

O duelo era fundamental para as duas equipes, que iniciaram a rodada com o mesmo número de pontos e disputavam diretamente uma vaga entre os quatro times que avançam para a fase do mata-mata do segundo turno. Com o resultado, o Iranduba deixa a zona de classificação e segue correndo o risco de rebaixamento.

Na próxima rodada, o Nacional tem clássico contra o Rio Negro, enquanto o Iranduba enfrenta o Princesa do Solimões.

O jogo

Aos 11, Romarinho, do Nacional, protagonizou o primeiro lance de perigo da partida. O atacante deu belo corte em Pitbull e finalizou de fora da área, exigindo boa defesa de Junior. Cinco minutos depois, foi Pitbull quem ameaçou o gol nacionalino. Em cobrança de falta, o volante viu a bola passar ao lado gol defendido por André Regly.

Aos 23, mais uma vez o Iranduba chegou, dessa vez foi Dodô quem ameaçou em cobrança de falta lateral. O jogador lançou bola na área, a defesa do Leão desviou e a bola quase encontra o canto do gol azulino.

Aos 34, após boa triangulação com Felipe, Paulinho acertou belo passe para Léo Mineiro que dominou e bateu com firmeza para abrir o placar.

No segundo tempo, logo aos 5 o Nacional trocava passes na entrada da área, enquanto a zaga do Hulk tentava afastar, até que a bola caiu no pé de Mineiro,  desequilibrado, mas a bola desviou na zaga e morreu no fundo do gol do Iranduba.

Mesmo com a vantagem, era o Nacional quem pressionava mais. Com mais posse de bola, o Leão levava perigo principalmente nos chutes de longa distância. E, ainda que as duas equipes buscassem o campo de ataque, o placar seguiu inalterado até o apito final.

Receba Novidades


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.