Segunda-feira, 22 de Abril de 2019
publicidade
1.jpg
publicidade
publicidade

Craque

Em estreia na Copa São Paulo, Fast deixa empate escapar no último minuto de jogo

Momento de desatenção do Fast custou a derrota, por 2 a 1, para o favorito Figueirense na estreia da principal competição de futebol da base do país


03/01/2016 às 23:35

O Fast até que lutou bravamente contra o Figueirense, mas acabou sendo derrotado por 2 a 1 no último minuto de jogo, na tarde de ontem, em Taboão da Serra (SP) na abertura da primeira rodada da Copa São Paulo de Futebol Júnior. 

O time de Santa Catarina saiu na frente do marcador aos 22 minutos do primeiro tempo com Igor. O Fast conseguiu o empate com Werley, aos 43.

No último minuto de jogo, aos 49, o time Alvinegro conseguiu a vitória com o zagueiro Pereira,  aproveitando  escanteio para decretar a vitória do Figueira.

Para o técnico Darlan Borges o time mais uma vez foi punido pela inexperiência. “A falta de experiência atrapalhou nosso time. Mais uma vez fomos castigados no final do jogo. Entramos na correria do jogo do Figueirense, o time estava se comportando bem, tivemos duas chances claríssimas de gol com Mateusinho e o Jackie Chan. Fomos castigados no final. Mais uma vez de escanteio e bola parada no final”, lamentou o treinador. “Faltou experiência, faltou segurar o jogo”, afirmou.

O jogo

O Fast suportou a pressão do time catarinense até aos 22 minutos do primeiro tempo. Índio chutou forte de fora da área, Bruno Saul defendeu e no rebote Igor chutou forte. 1 a 0. Sem se abalar com o gol, o Fast foi pra cima no minuto seguinte com Jackie Chan, arriscando um chute forte que passou à esquerda do gol do time Alvinegro.

A pressão em busca do empate deu certo. Aos 43, após escanteio, Werley desviou cabeça para mandar pro fundo do gol e empatar a partida. 1 a 1.

Na segunda etapa parecia que o Figueirense dominaria o restante da partida. Só que a força de vontade da garota do Fast fez o Figueira recuar.

Eli e Jackie Chan até tentaram furar o bloqueio catarinense, com direito a bola na trave.

Mas a força de vontade do time manauara parou na experiência da garotada do Figueira, e nos acréscimos, aos 49, o Fast tomou o segundo gol. Escanteio para a área e o zagueiro Pereira soube se antecipar, de cabeça, para estufar as redes 2 a 1.

O Fast agora ocupa a terceira posição, atrás de próprio Figueirense e do Taboão da Serra que venceu o XV de Piracicaba.

Nesta terça-feira (5), o Rolo Compressor volta a campo contra a equipe anfitriã, Taboão da Serra, às 15h (de Manaus).

publicidade
publicidade
Ex-Flamengo, Junior Baiano fala sobre o atual momento do rubro-negro carioca
Masters do Corinthians enfrenta Seleção Evangélica do AM na Arena em maio
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.