Publicidade
Esportes
VITÓRIA DO LEÃO

Em jogo adiado, Nacional vence Fast Clube novamente no clássico Pai e Filho

Paulo Roberto marcou o gol que definiu a vitória do Leão, nesta terça-feira (09), na Arena da Amazônia, em Manaus 09/05/2017 às 22:16 - Atualizado em 09/05/2017 às 22:16
Show nacional03333
(Foto: Antonio Lima)
Valter Cardoso Manaus

O jogo adiado válido pela quarta rodada do returno do Barezão, o Nacional voltou a vencer o rival Fast, como no primeiro turno. Paulo Roberto marcou o gol que definiu a vitória do Leão, nesta terça-feira (09), na Arena da Amazônia, em Manaus.

Com o resultado, o time da Vila Municipal encerra a sequência negativa de três partidas sem vitória. Ainda com indefinição na tabela por conta de decisão do Tribunal de Justiça Desportiva, o Nacional chega a 23 pontos na competição, assumindo a liderança. O Fast segue com 20 pontos na quarta colocação.

O jogo
A partida começou em um ritmo acelerado desde o primeiro minuto. Assim que a bola rolou, as duas equipes se postaram para pressionar a saída de bola.

Apesar da forte marcação e vontade das duas equipes, faltaram chances claras nos primeiros minutos. Os dois lados da disputa desperdiçavam boas chances ao chegar ao ataque. Aos 24 minutos, o Fast deu o primeiro susto na zaga do Nacional. Andre Luiz fez boa jogada pela esquerda e cruzou para Leo Guerreiro, que por pouco não completou para o gol.

Aos 28, o Leão da Vila mostrou suas garras pela primeira vez. Paulo Roberto avançou pela lateral, cortou para o meio e bateu forte para boa defesa de Maik Douglas. A melhor chance da primeira etapa, porém, saiu dos pés de Thiago Brandão. Após bola levantada na área, a bola sobrou limpa para o zagueiro, dentro da área, que acertou o travessão.

Na segunda etapa, o Rolo Compressor buscou fazer jus ao apelido e entrou em campo querendo atropelar o rival. Com mais posse de bola, o time iniciou melhor e logo aos 8 minutos ter outra grande chance. Em cobrança de falta, William Sarô acertou, mais uma vez, o gol defendido por Marcelo Valverde.

Com o caminhar do cronômetro o Nacional passou a buscar mais o campo de ataque, mas sem levar muito perigo. Mas aos 31, o time aproveitou jogada de velocidade para abrir o placar. Após roubar de bola de Tiago Bastos, o volante puxou rápido contra-ataque. O meia Charles tentou a jogada pelo meio e foi bloqueado, mas a bola sobrou para Paulo Roberto que finalizou com força para balançar as redes.

Com 43 minutos, Cassiano teve a chance do empate. Após cruzamento da esquerda, o meia teve boa chance de finalizar para o gol, mas jogou para fora. Dois minutos depois, ele teve outra grande chance. Após sobra de gol na área, livre, Cassiano parou no goleiro Marcelo Valverde.

Publicidade
Publicidade