Publicidade
Esportes
BAREZÃO 2019

Em jogo de apagões e retorno de Adinamar Abib, Penarol vence Iranduba na Colina

Partida foi interrompida várias vezes por conta de problemas nos refletores do estádio. Abib reestreia com vitória no comando do Leão da Velha Serpa após sete anos longe do clube 20/02/2019 às 22:31 - Atualizado em 20/02/2019 às 22:32
Show whatsapp image 2019 02 20 at 20.16.24 6fa6daac 41f6 416b 994e 9230983fae5f
Foto: Antônio Lima
Gabriel Ferreira Manaus (AM)

No retorno de Adinamar Abib após sete anos ao comando do Penarol, o time de Itacoatiara derrotou o Iranduba por 2 a 1 com gols de Railson e Thayson, na noite desta quarta-feira (20). Linno descontou para o Hulk na partida válida pela quarta rodada do Barezão 2019, no estádio Ismael Benigno, a Colina.

Na próxima rodada, o Iranduba enfrenta o Sul América no sábado(23), às 18h, e o Penarol joga contra o Rio Negro no domingo (24), às 16h. Ambas as partidas serão realizadas no estádio Ismael Benigno, situada na Glória, Zona Oeste de Manaus.

O jogo

A bola rolou e com a iniciativa do Penarol, aos 10 minutos, a equipe abriu o placar com jogada de Branco para Railson, que chutou no contrapé do goleiro Thiago Rocha, do Iranduba.

Aos 15, a partida foi interrompida por falta de luz nos refletores da Colina.

Com a paralisação de 4 minutos, o jogo retornou e o Iranduba avançou a linha de marcação para sufocar a saída de bola do Leão da Velha Serpa.

Na pressão do Penarol, Balão Marabá mandou um chute perigoso canto, mas o goleiro Thiago Rocha foi bem e mandou a bola para a linha de fundo.

O jogo ficou nervoso após expulsão do meio campo Simi, do Hulk, por entrada violenta em Railson. Aproveitando a vantagem numérica, o Penarol foi trocando passes e administrando a posse de bola.

Na segunda etapa, o Iranduba buscava chegar ao empate alçando bolas na área, mas sem sucesso.


Treinador Adinamar Abib foi campeão amazonense em 2010 pelo Penarol e reestreou hoje. Foto: Antônio Lima

Aos 7 minutos, os refletores apagaram mais uma vez interrompendo a partida. Após 5 minutos, a bola voltou a rolar na Colina. No primeiro lance de perigo do Penarol no segundo tempo, aos 17, Alberto chutou a bola que foi desviada no meio do curso e quase engana o goleiro do Iranduba.

O Penarol chegou ao ataque em velocidade com infiltração pelo setor esquerdo e, aos 18, Balão Marabá mandou colocado no canto direito de Thiago Rocha, que deixou escapar a bola nos pés do volante Amaral e acabou interceptado pela cobertura da zaga do Hulk.

Aos 24, o volante Amaral ganhou a dividida na intermediária, tocou para Railson livre de marcação, mas ao receber o passe foi marcado o impedimento pela arbitragem.

E pela terceira vez na partida a Colina se apagou, aos 28, paralisando o jogo.

Com mais 5 minutos paralisado, o jogo voltou e o Iranduba buscava agredir a defesa do Penarol, mas o Leão segurava com uma linha de quatro no setor defensivo.

Aos 44, em jogada pela esquerda o Penarol ameaçou com chute cruzado de Amaral.

Na reta final do jogo o capitão do Hulk, Linno fez boa cobrança e empatou a partida. O Penarol não se rendeu e Thayson aproveitou a cobrança de escanteio e sozinho cabeceou para colocar o Penarol mais uma vez a frente da partida e fechar o placar.

Publicidade
Publicidade