Quinta-feira, 12 de Dezembro de 2019
CAMPEONATO AMAZONENSE

Em jogo de expulsões, Manaus empata com o Fast e garante o 'tri' do Barezão

Última vez que uma equipe levou o 'tri' no Campeonato Amazonense foi o time do São Raimundo, de Aderbal Lana, nos anos de 1997 a 1999



manaus_FEAF4F30-F597-47B0-BEB0-B23A9AA7B843.JPG Foto: Márcio Silva
27/04/2019 às 18:07

Com vantagem de 2 a 0 no primeiro jogo em cima do Fast, o Gavião do Norte empatou sem gols na tarde deste sábado (27), no estádio Ismael Benigno, a Colina e sagrou-se tri campeão do Barezão. Diante do resultado, o Manaus realizou grande feito conquistando pelo terceiro ano consecutivo o título do Campeonato Amazonense após 20 anos. A última vez que uma equipe levou o 'tri' foi com o épico time do São Raimundo, de Aderbal Lana, nos anos de 1997 a 1999.

O capitão do Manaus FC Derlan comentou sobre o trabalho feito no segundo turno e ressaltou o tricampeonato.



"Graças a Deus conseguimos o título do segundo com um grande trabalho, e hoje conquistamos o tricampeonato, e essa vitória é pra aqueles que disseram sim pra gente, como nossa família e os nossos amigos. E esse grupo está de parabéns", ressaltou Derlan.

O jogo

Aos 3 minutos o Manaus teve a primeira chance, Panda lançou pelo setor esquerdo ao centroavante Jefferson que, na entrada da grande área, finalizou tirando tinta da trave direita, mas o árbitro deu impedimento do jogador.

O relógio marcava 10 minutos e a partida seguia equilibrada na Colina, o Manaus trabalhava a bola no seu campo valorizando a vantagem do primeiro jogo, e o Fast tentava armar jogada pra chegar ao primeiro tento.

Aos 17 minutos, o Manaus iniciou boa jogada com passe de Panda na esquerda para Rossini que de primeira tocou pra Negueba que na hora da recepção do passe dentro da grande área do Fast tentou cavar pênalti, mas o juiz mandou o jogo seguir.

Aos 24 minutos, Rossini sofreu falta na entrada da grande área e na cobrança Negueba bateu a meia altura mandando a bola nas mãos do goleiro Roger Kath do Fast.

Com 30 minutos de um jogo pouco produtivo, o juiz realizou parada técnica e na volta o panorama da partida permaneceu o mesmo.

Aos 35 minutos, o Manaus quase abre o placar. Hamilton dentro da grande área finalizou e o goleiro do Fast fez grande defesa.

Em mais uma série de ataque, o Manaus seguiu pressionando o Fast. Aos 36 minutos Rossini cruzou da direita para Jefferson que cabeceou fraco pra defesa do goleiro.

Aos 47 minutos o Manaus teve mais uma grande chance e no arremate de primeira de Vandinho dentro da pequena área, a bola passou por cima. No minuto seguinte, na cobrança de escanteio de Negueba, o volante Panda cabeceou pra defesa do goleiro do Tricolor de Aço.

2° tempo

Na segunda etapa o Manaus começou pressionando o Fast e, aos 5 minutos, Panda acertou um belo chute de fora da área, mas o goleiro do Fast fez grande defesa mandando a bola pra linha de fundo.

Aos 9 minutos teve falta perigosa a favor do Gavião do Norte, e Panda foi cobrança e a bola passou perto do ângulo esquerdo de Roger Kath.

O Gavião do Norte seguia pressionando o Tricolor Aço e aos 13 minutos Igor chutou de fora área assustando o goleiro do Fast que apenas viu a bola passar por cima do gol.

Aos 16 minutos em um lance inacreditável Jefferson aproveitou a bobeada da defesa fastiana, roubou a bola e, de frente pro gol, mandou a bola pra fora.

E o jogo ficou ainda difícil para o Fast aos 27 minutos com a expulsão de Juninho e Batata. Aos 30 minutos Patrick do Manaus também foi expulso após receber o segundo cartão amarelo, por interromper jogada do Fast com a mão.

O Tricolor de Aço não se rendeu e aos 32 minutos Willian Sarôa cobrou falta, o goleiro Jonathan deu rebote, Ronan pegou a sobra, mas Jonathan dessa vez ficou com a bola.

O Fast ainda tentava chegar ao gol, mas o Manaus nos minutos finais apenas segurou o empate e fez a festa do título.

News 48367672 1136721996505445 2342939255929569280 n 2dad860c 0057 4e2e b7f5 f53181960f2f
Repórter do Craque
Jornalista formado na Ufam, campus de Parintins. Estudante de pós-graduação em jornalismo esportivo na Universidade Estácio de Sá. Repórter do Caderno de Esporte ‘Craque’ de A Crítica desde novembro de 2018.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.