Sábado, 19 de Outubro de 2019
NOS PÊNALTIS

Em jogo equilibrado, Alemanha bate Itália e vai à semifinal da Eurocopa

Em jogo muito estudado, as equipes empataram em 1 a 1 no tempo normal. Nos pênaltis deu Alemanha, com o placar de 6 a 5.



alemanha.jpg Alemanha fará a semifinal do confronto entre França e Islândia (Foto: Reprodução / Twitter)
02/07/2016 às 18:41

Com as melhores defesas da Eurocopa, Alemanha e Itália se enfrentaram na tarde deste sábado (2), em partida válida pela semifinal da competição. Em jogo equilibrado, com 1 a 1 pra cada lado, a decisão foi mesmo para os pênaltis, e deu Alemanha, com placar de 6 a 5. Agora a equipe de Joachim Löw espera o confronto entre França e Islândia, que acontece no domingo (3), a partir das 15h (horário de Manaus). A semifinal está marcada para a próxima quinta-feira (7), em Marselha.

O JOGO



A partida começou com as duas equipes se estudando muito, a primeira chance, se é que pode-se dizer isso, só veio aos 19 minutos de jogo nos pés de Mario Gómez, o atacante alemão recebeu lançamento, tentou dominar a bola, mas só conseguiu um leve desvio na pelota, Buffon agradeceu, defesa sem perigo. 

A Alemanha tentava chegar ao ataque, ainda sem emoção, Kimmich cruza para Gomez, que desvia de cabeça, mas a bola vai direto para a linha de fundo.

Em nova oportunidade, dessa vez aos 42 minutos, Kroos chutou errado, Kimmich aproveita, a bola sobra pra Müller, mas o atacante não consegue uma boa finalização e desperdiça uma chance para a Alemanha no jogo.

Finalmente, aos 44 minutos, a Itália 'acordou' pro jogo e respondeu o ataque alemão com Sturaro, após receber cruzamento rasteiro de Giaccherini, o jogador chutou para o gol, a bola desviou em Boateng e a azzurra ganhou um escanteio na partida, cobrado sem sucesso.

Na volta do intervalo, os alemães foram pra cima da Itália, logo aos nove minutos da etapa complementar, Mario Gómez invade a área e deixa a bola para Müller, o atacante corta para a esquerda e manda um chutaço para o gol de Buffon, Fiorenzi 'salvou' os italianos de sofrer o gol. Aos 10 minutos, Boateng chuta de fora da área, mas a bola vai por cima do gol.

O gol da Alemanha era questão de tempo, dominando o jogo, a equipe chegava ao ataque com facilidade, tanto que, aos 20 minutos, em jogada que começou com Neuer,  Özil aproveita passe de Hector, após receber de Gómez, e manda para o fundo das redes abrindo o placar para a Alemanha. 

A Alemanha teve a oportunidade de ampliar o placar com Gómez, o atacante recebeu de Özil, mas não conseguiu dominar, mas ele insiste na jogada, dessa vez, tenta de calcanhar na dividida com  Chiellini, esperto, Buffon, faz uma linda defesa, aliviando a barra para os italianos.

Quando parecia que tudo estava indo bem para os alemães, Boateng comete pênalti, o jogador coloca a mão na bola e o árbitro marca pênalti para a Itália. Na cobrança, Bonucci deixou tudo igual.

Após o empate, o jogo continuou muito equilibrado, as duas equipes já se preparavam para a prorrogação. Na prorrogação, os dois times tiveram algumas chances, poucas, mas não conseguiram completar.

Pênaltis- Lá e cá

A disputa de pênaltis foi marcada por muitos erros dos jogadores, Zaza, que havia entrado no último minuto da prorrogação foi o primeiro a não converter a batida em gol. Logo depois, Müller bateu facilitando a defesa de Buffon. A azzurra ficaria na frente, após Özil acertar a trave, mas Pellè e Bonucci desperdiçaram a chance. Até que Schweinsteiger teve a oportunidade e jogou pra longe. Nas alternadas, Neuer foi no canto esquerdo para pegar o chute de Darmian. Já Buffon deixou passar a bola de Hector, decretando a vitória dos alemães por 6 a 5.

Özil marcou o gol da Alemanha no tempo normal de jogo (Foto: Reprodução / Twitter)

Neuer colocou a Alemanha na semifinal da Eurocopa 2016 (Foto: Reprodução/ Twitter)

Agora, a Alemanha espera o confronto entre França e Islândia para saber quem enfrentará na próxima quinta-feira (7), em Marselha.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.