Publicidade
Esportes
Saiu Faísca

Em jogo tenso, 3B bate o Penarol no primeiro jogo das semis do Barezão

Jogo de ida das semifinais entre as Feras da Amazônia e as Leoas da Velha Serpa foi marcado por muita confusão e decidido em falhas das goleiras. Placar de 2 a 1 a favor do 3B força Penarol a vencer em Itacoatiara 28/10/2017 às 20:39 - Atualizado em 29/10/2017 às 14:56
Show 303f89a8 733a 4a75 b661 e01d14f6bc77
Mesmo muito desfalcado, 3B segurou pressão e venceu o Penarol (Foto: Evandro Seixas)
Denir Simplício Manaus (AM)

Com direito a muita tensão e falhas individuais, o 3B da Amazônia venceu o Penarol pelo placar de 2 a1, na noite deste sábado (28), no estádio Carlos Zamith, na Zona Leste de Manaus, e sai na frente do duelo de ida das semifinais do Campeonato Amazonense Feminino de futebol 2017. Com gols de Scarlet e Carla Nunes - Bruna Natiele descontou pras "Leoas da Velha Serpa" -, as "Feras da Amazônia ficam a um empate de chegar a final da competição.

A partida de volta das do Barezão Feminino está marcado para a próxima quarta-feira (1º), no estádio Floro de Mendonça, em Itacoatiara. Para avançar à grande decisão do Estadual, o time comandado pelo técnico Igor Cearense tem de vencer por qualquer placar. Novo revés ou um empate classifica o 3B da Amazônia.

Jogo pegado 

3B e Penarol chegam pro jogo de ida das semis do Barezão em clima quente. Denunciado pela diretoria penarolense, o time presidido por Bosco Brasil Bindá acabou punido com a perda de 6 pontos e, consequente a vantagem obtida em campo. Pra piorar as coisas para o lado da Fera da Amazônia, o time dirigido por Marcelo Tchelo perdeu Rilany e Thaissa, que tiveram seus contratos suspensos após punição imposta pelo TJD.

Mesmo assim o 3B iniciou a partida indo pra cima do Penarol. O primeiro tempo seguiu "morno", até que aos 30 minutos de jogo. Foi quando a volante Scarlet arriscou chute despretensioso do meio da rua. A bola voou e parecia que a goleira Mayara defenderia com extrema facilidade, mas a arqueira do Penarol acabou indo com a mão leve pra jogada e a bola morreu no fundo das redes. 1 a 0 pro 3B.

Desolação do lado do Penarol e festa no banco do 3B, que apesar da maior posse de bola não conseguia transformar em gol as jogadas. Aos 33 minutos, a zaga do Penarol sai mal, Carla Nunes recebe a bola, passa pela marcação, mas na hora de fazer o gol chutou nas mãos de Mayara, que parecia ter se recuperado da falha do gol de abertura do jogo. 

No entanto, aos 38 minutos, Carla recebe na frente e toca por cima da goleira Mayara, que mal posicionada acaba levando o segundo gol. 2 a 0 3B, e a apatia caiu sobre as Leoas da Velha Serpa.

Leoas urram

Na volta do intervalo, o técnico Igor Cearense promoveu mudanças na equipe, entre elas a saída da goleira Mayara, que antes de ir pro vestiário descarregou toda sua fúria em um balde de lixo do estádio Carlos Zamith. A reserva Mariana foi pro jogo. No 3B, o técnico Marcelo Tchelo não tinha muitas opções. No banco apenas as lesionadas Duda e Brenda, que foram relacionadas mas só entrariam em último caso.

E a pressão das Leoas da Velha Serpa foi grande. Logo aos 6 minutos do 2º tempo, a zagueira Bruna Natiele cobra falta na lateral do campo e a bola atravessa toda a área do 3B e morre no fundo do gol, sem que a goleira Vivi tentasse a defesa. 3B 2 x 1 Penarol.

Daí em diante a partida tomou contornos ainda mais tensos. Por ter proferido ofensas a arbitragem, a goleira Mayara completou a noite ruim ao ser expulsa do jogo. O mesmo ocorreu com Brenda, do 3B, que foi excluída da partida pelo mesmo motivo.

Em campo, o Penarol tomou conta do jogo e partiu com tudo pra cima do 3B em busca do empate. Pelo lado da Fera da Amazônia a ordem era aguentar a pressão e o cansaço que já era visível nas atletas em campo. O técnico Marcelo Tchelo chegou a ensaiar a entrada da goleira reserva Kemelli na linha, mas o time suportou até o fim.

Com o resultado, o 3B obriga o Penarol a vencer a partida de ida em Itacoatiara. Qualquer vitória das Leoas da Velha Serpa no Floro de Mendonça qualifica o time de Igor Cearense a decidir o Barezão Feminino. Além de garantir uma vaga ao time do interior na pré-disputa do Brasileirão da Série B em 2018. 

   

Publicidade
Publicidade