Publicidade
Esportes
São Raimundo 0 x 1 Fast

Em jogo tenso, Fast vence São Raimundo e chega à segunda vitória no Barezão

Com gol de Romarinho, o Fast fez o suficiente para vencer. Encaixou uma jogada no contra-ataque e marcou o gol que garante mais três pontos na conta do Tricolor 27/08/2016 às 20:22
Show whatsapp image 2016 08 27 at 19.38.36
O Fast venceu com gol de Romarinho, aos 24 minutos do segundo tempo (Foto: Antônio Lima)
Camila Leonel Manaus (AM)

O confronto entre São Raimundo e Fast é caracterizado por ser um jogo disputado e com os nervos à flor da pele e neste sábado (27), no estádio da Colina, Zona Oeste de Manaus, o enredo da história não foi diferente. Em um jogo pegado, com três expulsos, o Fast levou a melhor. Venceu por 1 a 0, com gol de Romarinho e chegou à segunda vitória seguida no Barezão.

O placar favorável ao Fast foi construído aos 24 minutos do segundo tempo. Após jogada de Dinamite, ele virou o jogo para Ronan, no lado esquerdo. O jovem jogador, que havia entrado no início do segundo tempo no lugar de Felipe, que saiu contundido, entrou na área, driblou o zagueiro e tocou para Romarinho mandar para o fundo da rede.

O São Raimundo, que fez a sua estreia no Barezão (estava de folga na primeira rodada), estreia com derrota e no sábado (3) vai à Manacapuru enfrentar o Princesa do Solimões, no Gilbertão, às 15h30. O Fast, que chegou aos seis pontos tira folga na terceira rodada e volta a jogar no dia 11 de setembro contra o Nacional Borbense, no Jabotão, em Borba.

O gol foi o suficiente para o Rolo Compressor sair com a vitória, mas foi um reflexo do famoso provérbio do futebol que diz que a equipe que não faz, leva. O São Raimundo entrou impetuoso para cima do Fast. Aos três minutos Lanza, pela direita, saiu em velocidade e entrou na área do Fast chutando forte. A bola sobrou para Americano, mas o goleiro Edmar defendeu. Depois foi a vez de Kramer, Americano...um festival de chances perdidas.

O Fast tentava construir suas jogadas. Aos 26 minutos, Cidade Nova cruzou para Andrezinho, que chutou para fora. Andrezinho também tentou de fora da área, mas não teve sucesso. Na segunda metade do primeiro tempo, o jogo que começou disputado, começou a ficar violento. Do lado fastiano Dinamite, Felipe e Charles Chenko levaram amarelo. Do lado do São Raimundo, Kramer, Rafael e Alberto amarelaram, sendo que o último, numa entrada dura no jogador do Fast levou o segundo cartão e acabou expulso. Andrezinho, do Fast, também acabou levando o vermelho.

No segundo tempo, o Tricolor voltou com mais volume de jogo e isso passou por uma alteração feita logo o início do segundo tempo. Ronan entrou no lugar de Felipe, que saiu machucado. A partir daí, o  Rolo Compressor colocou a bola no chão e fo para cima. O Tufão tentava responder principalmente com as jogadas de João, que aos 22 minutos chutou na entrada da área, mas Edmar fez bela defesa. No lance seguinte, o Fast Marcou seu gol com Romarinho e poderia ter aumentado se, aos 33 minutos, a bola de Charles Chenko não tivesse explodido no travessão após o atacante ver Jairo adiantado e chutar para o gol, ou se a bola de Ronan, aos 43 não tivesse parado diretamente nas mãos de Jairo.

O São Raimundo ainda teve outro jogador expulso. Kleitão, aos 40 minutos. O detalhe é que  o jogador estava no banco de reversas. O último sopro do Tufão foi aos 49 minutos quando Diego Gaúcho bateu faslta rasteira, mas a bola ficou na mão do goleiro do Fast e ficou por isso mesmo.

São Raimundo: Jairo, Lanza, Diego Gaúcho, Fabio, Rafael, Alberto, Luis Gustavo, João, Americano (Marinelson), Kremer (Leozinho) e Maranhão (Marinho). Tec: Alberone

Fast: Edmar Sucuri, Andrezinho, Guigui, Thiago Brandão (Vitor Valentin), Andre Luis, Felipe (Ronan), Dinamite, Cidade Nova (Emerson), Delciney, Charles Chenko, Robinho.Tec João Carlos Cavalo

 

Publicidade
Publicidade