Sexta-feira, 18 de Junho de 2021
PREPARO

Em treinamento, Manaus esboça 'time base' que deve encarar o Santa Cruz

Com desconforto muscular, os volantes Márcio Passos e Vinicius Barba não treinaram durante a semana e passarão por avaliação antes da partida



a0f06ee1-89d7-4f92-a91a-225fb130c171_4961B6C7-6FDC-4B3A-ACD1-D966335BBED6.jpg Foto: Arlesson Sicsú
29/05/2021 às 19:12

Começando sua trajetória na competição nacional, o Manaus recebe o Santa Cruz-PE no fim da tarde deste domingo (30), às 17h (horário local), na Arena da Amazônia, pela primeira rodada da Série C. No comando do Gavião do Norte desde quarta-feira (26), o técnico Marcelo Martelotte explicou que neste primeiro momento não promoverá grandes mudanças e que o torcedor deve esperar uma equipe igual ao que já vinha se apresentando com o treinador Luizinho Lopes.

“O torcedor pode esperar uma equipe não muito diferente daquela que fez a campanha dentro do Estadual ou como se apresentou na própria Série C do ano passado. Existem jogadores que permaneceram da temporada passada e eu vou introduzindo aos poucos as minhas ideias, mas é muito cedo para se realizar grandes mudanças. Mas que vai ser um time aguerrido, que vai buscar o ataque, vai buscar o gol, essas são algumas características que já existiam no time do Luizinho e que vamos permanecer exercendo”, explicou o técnico esmeraldino.



Quando perguntado pela reportagem sobre a forma de jogo que deve programar no Manaus, Martelotte explicou que é adepto de um estilo equilibrado, mas que as características ofensivas são mais presentes dentro de sua maneira de entender o jogo. 

“É lógico que existe o entrosamento, mas a gente no dia a dia vai colocando alguns conceitos. Eu penso futebol a partir de um principio de equilíbrio, mas se tiver de priorizar, eu priorizo as ações ofensivas, acho que é importante que seu time seja agressivo, que tenha protagonismo dentro do jogo e é isso que vamos buscar sempre”, frisou o técnico.

Primeiras impressões

Martelotte também falou sobre como foi os primeiros dias de trabalho com o novo grupo. Para o treinador, ainda pesa o desgaste do elenco na reta final de Barezão, mas que espera uma equipe preparada para encarar o Tricolor de Pernambuco.

“A sensação foi a melhor possível. No primeiro momento a gente sabe que o time veio de uma final de Campeonato, sentimos os jogadores um pouco cansados, pois foi uma decisão que desgastou muito. Mas a gente teve essa semana para trabalhar e a partir do momento em que a gente conseguiu dar uma sequência, o ritmo e o rendimento melhoraram, os treinamentos ficaram no nível mais ou menos do que a gente espera em um jogo, tenho certeza que iremos chegar bem preparados para iniciar essa competição”, concluiu Marcelo.

Provável escalação

No treinamento de quinta-feira (27), o Manaus esboçou uma espécie de time base quando fazia um exercício de campo reduzido e troca de passes rápidos. Na equipe com colete amarelo (esboço de titulares) estavam: Edvan; Luis Fernando, Spice e Dudu Mandai; Gilson Alves, Gabriel Davis e Douglas Lima; Philip, Diego Rosa e Vanilson. Titulares na decisão do Estadual, os volantes Márcio Passos e Vinicius Barba sentiram desconforto muscular e passarão por avaliação médica antes da partida, mas devem estar aptos para a partida.

Arbitragem

O trio de arbitragem vem inteiro do Mato Grosso do Sul, no comando do apito será Marcos Mateus Pereira. Os assistentes serão Ruy Cesar Lavarda Ferreira e Cícero Alessandro de Souza. O quarto árbitro e analista de campo, respectivamente, serão Antônio Carlos Pequeno Frutuoso e Luis Claudio Rodrigues da Costa.

Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.