Publicidade
Esportes
PAI E FILHO

Entre a briga pela liderança e manutenção no G4, Fast enfrenta o Nacional

Entre o céu o inferno, o Fast pode terminar a rodada colado no líder ou fora da zona de classificação. 29/04/2017 às 05:00
Show zcr0429 01 p01
Fast vai em busca da revanche, já que no primeiro turno o Rolo Compressor foi derrotado, de virada, pelo Leão, por 2 a 1. (Foto: Winnetou Almeida)
Valter Cardoso Manaus-AM

Clássicos costumam ter importância acima do normal, mas o duelo entre Fast e Nacional tem um sabor todo especial. Brigando na parte de cima da tabela, os dois times se enfrentam na Arena da Amazônia, às 15h deste sábado (29), atravessando momentos diferentes. O Rolo Compressor pode encerrar a rodada colado no rival, atual líder do campeonato, e também fora da zona de classificação para a próxima fase do Barezão, caso seja derrotado. 

“Essa partida é fundamental para nossa equipe até porque é um jogo de confronto direto pela liderança e um clássico. Então, sem dúvidas, uma vitória será de muita importância para nos dar confiança na sequência da competição e sabemos que um resultado negativo pode nos tira do G4. Sabemos que será uma divisor de águas”, analisou o experiente volante Roberto Dinamite, do Fast, que pediu atenção durante toda a partida.  

“Vejo que nosso time vem jogando bem, vem colocando em prática aquilo que o professor João Carlos vem pedindo nos treinamentos. Nosso time sempre está saindo na frente do placar  e vejo que nossas falhas estão mais em detalhes, em concentração e todo clássico  é resolvido em detalhes. Espero que amanhã nossa equipe não venha ter esse tipo de problema,  espero que possamos colocar nosso ritmo de jogo para conseguir nosso objetivo que é a vitória”  

O Nacional entra em campo com a motivação de vencer o rival e encaminhar a classificação para as semifinais. “Independente da classificação deles, se estivessem em primeiro, em último ou em segundo, assim como a nossa, acho que não muda muita coisa para a partida em si. É um clássico, são dois times que, provavelmente, vão chegar na fase final e creio que vai ser um jogo bem aberto com as duas equipes procurando a vitória. A nossa equipe sabe que se alcançar os três pontos fica praticamente com um pé nas semifinais que é o maior objetivo e vamos em busca dele”, garantiu o atacante Jefferson, do Nacional.

 O Leão da Vila pode perder a liderança da competição, caso não vença o Fast na partida. “Nós sabemos que ocupamos a ponta da tabela durante boa parte do campeonato, mas sempre temos que estar olhando para trás porque os adversários não nos deixam desgarrar. A importância do clássico todo mundo sabe, mas são os mesmos três pontos que outra partida. Nessa como nas outras partidas, entramos para vencer”, finalizou Jefferson.

Publicidade
Publicidade