Sábado, 18 de Maio de 2019
Craque

Equipe da TV A Crítica traz todos os detalhes dos Jogos Pan-Americanos de Toronto

A transmissão do maior evento esportivo das Américas será feito pela TV Record. Serão de quatro a seis horas diárias de transmissão, além de flashes durante a  programação



1.jpg
Rui Silva, Carol Queiroz e José Augusto já estão no Canadá
10/07/2015 às 11:12

Nesta sexta-feira (10), às 21h30 acontece a abertura dos Jogos Pan Americanos de Toronto, no Canadá, mas para a equipe da Rede Calderaro de Comunicação, a competição mais importante das Américas já começou. Serão 16 dias de muito esporte, com mais de 6 mil atletas, de 41 países competindo em 36 esportes. E para não perder nenhum detalhe desse evento, a equipe da RCC formada por José Augusto Souza (repórter e editor), Carol Queiroz (repórter) e Rui Silva (cinegrafista), irá mostrar os Jogos sob um ponto de vista diferente.

O Brasil vai participar dos Jogos com uma delegação de 600 atletas, destes, cinco nasceram no Amazonas, e acompanhar os atletas “da terra” será uma das missões da equipe. Além disso, curiosidades sobre os jogos e dos bastidores serão desvendados durante os 16 dias de competição.

“Nós fomos para Toronto com uma equipe para acompanhar os atletas amazonenses que competirão lá, levando o olhar do amazonense para o telespectador da TV A Crítica. Nós já temos um histórico em coberturas desde a Copa da África, em 2010, o Sul-Americano de Medelín, as Olimpíadas em Londres e não vamos fazer diferente com os jogos de Toronto. Nós já estamos entrando direto na programação com flashes ao vivo durante a programação para deixar o amazonense por dentro dos jogos”, explicou Dissica Calderaro, diretor-presidente presidente do sistema Rádio e Tv A Crítica de Comunicação.

Durante o dia, flashes ao vivo entram durante a programação, além de matérias exclusivas no Manhã no Ar, Alô Amazonas, A Crítica na Tv e no Craque na Tv. “Já que a Record faz toda a transmissão ao vivo dos Jogos falando da competição, quadro de medalhas, a nossa intenção é ‘correr por fora’. Mostrar comportamento, as curiosidades da cidade, dos brasileiros que visitam aqui. O que a gente faz em Toronto enquanto não assiste os jogos? Essa é a nossa ideia, mostrar a cidade de uma forma diferente”, explicou a repórter Carol Queiroz.


Carol Queiroz no Canadá

Carol, que é apresentadora do Craque na TV, entrou no clima dos jogos desde maio quando cobriu a preparação dos atletas brasileiros no Rio de Janeiro e em São Paulo durante o período conhecido com pré-Pan.  “Têm alguns amazonenses na competição e esses amazonenses são o nosso alvo. No pré-Pan, eu pude entrevistar e conhecer o Aílson Eraclito, por exemplo, do remo que faz dupla com o Thiago, um atleta baiano e há uma expectativa grande sobre essa dupla até porque é o nosso amazonense. Tem a Lígia, do tênis de mesa, a Daynara, da natação e nós vamos ficar no pé desses atletas para mostrar como é estar nesse grande evento e as emoções que isso envolve”, disse.

Transmissão
A transmissão do Pan de Toronto será feito pela TV Record. Serão de quatro a seis horas diárias de transmissão, além de flashes na programação, enquanto a Record News terá aproximadamente de 20 horas diárias, com um total de 200 horas de transmissões ao vivo.

Para entrar no clima do Pan
Nas ruas de Toronto, é possível ver o esforço da organização em cativar os canadenses para torcer durante os jogos. As ruas de Toronto já entraram no clima do Pan e a expectativa é que, com a abertura, os canadenses também entrem na atmosfera dos jogos.

“A cidade está toda enfeitada. Tem bonecos da mascote enfeitando as paradas de ônibus para justamente cativar os canadenses a entrarem no clima e acho que essa estratégia está começando a surtir efeito. A gente percebe um esforço muito grande da organização do evento para chamar as pessoas para participarem e nesses últimos dias a gente tem visto uma quantidade muito maior de turistas e dos próprios moradores daqui se envolvendo com essa festa”, disse o repórter José Augusto.


Rui Silva, cinegrafista

“Estar em um evento como esse é o sonho de qualquer profissional da comunicação. É aqui que vamos ver o surgimento de grandes atletas”, disse Rui Silva, cinegrafista

Além das competições, haverá o “Panamania”, que conta com três palcos principais, que receberá pelo menos seis shows diários até 26 de julho, data da cerimônia de encerramento.



Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.