Publicidade
Esportes
Esportes radicais

Esportes radicais vão tomar conta de Manaus no dia dois de junho

Primeiros Jogos Radicais da Amazônia irá reunir dez modalidades na Ponta Negra, dia 2 de junho 24/05/2013 às 14:33
Show 1
Motocross será um dos esportes prestigiados nos Jogos Radicais da Amazônia, que será na Ponta Negra, Zona Oeste
Lorenna Serrão ---

No próximo domingo, dia 2, Manaus se transformará na capital dos esportes radicais. É que, pela primeira vez, uma competição vai reunir disputas de 10 modalidades de aventura. A primeira etapa dos Jogos Radicais da Amazônia, que acontecerá na Ponta Negra, Zona Oeste, a partir das 8h, tem como objetivo formar novos ídolos e apresentar a quem ainda não conhece os amazonenses que ganham cada vez mais destaque em torneios nacionais e até em internacionais.

A ideia de organizar um campeonato onde a adrenalina será o “prato principal” é de Pablo Casado, paraquedista há 17 anos, que resolveu reunir amigos de outros esportes radicais para juntos fazerem uma grande festa, tendo como um dos cenários as águas do rio Negro. “Eu comecei a pensar nessa competição há alguns anos, a ideia foi amadurecendo com o tempo e agora finalmente vamos poder colocá-la em prática. Nossa intenção é valorizar os atletas amazonenses, mostrar para a população o valor e talento de cada um deles”, comentou Casado.

As competições acontecerão nas seguintes modalidades: No ar, paraquedismo; na água, wakeboard e stand up paddle, e na terra, motocross, rugby, skate, free running, le parkour, mountain bike e slackline. “Atletas locais e convidados participarão das disputas. Durante o evento, também haverá um rapel e demonstrações de artes marciais em quatro áreas de lutas”, explicou o organizador.

Sabiá, o homem-pássaro, será um dos convidados vips da competição. Considerado um dos principais paraquedistas do Brasil, com mais de 10 mil santos de mais de 300 tipos de aeronaves diferentes, ele deve desembarcar em Manaus no sábado. “Sabiá é meu amigo pessoal, eu o convidei e ele aceitou na hora. Ainda não sei se ele vai querer saltar ou se vai apenas prestigiar o evento. Mas acredito que ele não vai resistir ao belo cenário da Ponta Negra e com certeza vai acabar querendo saltar sobre as águas do rio Negro”, comentou Pablo Casado.

A segunda etapa dos Jogos Radicais da Amazônia vai acontecer no mês de agosto e também terá disputas entre amazonenses. A terceira, ainda sem data definida, deve contar com a participação de atletas de outros Estados. “A segunda fase será estadual, com competições envolvendo apenas os atletas locais, mas a terceira será nacional, vamos abrir para atletas de todo o país. Nossa ideia é transformar este evento todo nacional, a partir de 2014”, pontuou.

Publicidade
Publicidade