Publicidade
Esportes
Craque

Estádio da Zona Norte dá ‘sinais de vida’ e espera apenas ok do Ministério do Esporte

Praça esportiva está prestes a se tornar realidade. Licitação está em andamento e o orçamento já foi enviado ao ministério para análise 05/02/2013 às 09:59
Show 1
Projeto do estádio da Zona Norte
Lorenna Serrão Manaus (AM)

Um desejo antigo dos boleiros da Zona Norte de Manaus, ter um estádio comunitário para as famosas “peladas” do fim de semana, está perto de se tornar realidade. A emenda parlamentar de 2007 proposta pelo deputado federal Carlos Souza (PSD) vai finalmente sair do papel.

Ontem o governo do Amazonas, através da Secretaria de Estado da Juventude, Desporto e Lazer (Sejel), anunciou que vai construir um campo profissional no conjunto Osvaldo Frota, na Cidade Nova, com capacidade para 1.296 pessoas.

 “Esse projeto estava praticamente perdido, nós sabíamos que a verba para a construção do estádio existia. Então resolvemos articular junto ao Ministério do Esporte e conseguimos a liberação do dinheiro para executar a obra”, disse Alessandra Campelo, secretária da Sejel.

Com a licitação em andamento, o projeto do estádio comunitário, orçado em R$ 2.957.839,49 foi enviado para o Ministério do Esporte, que vai analisá-lo.


 “Vamos iniciar a obra assim que recebermos a aprovação do Ministério. Como o dinheiro já foi liberado acredito que isso possa acontecer dentro de dois meses”, comentou a titular da Sejel.

O novo espaço esportivo terá 886,14 metros quadrados de área construída, oferecendo uma nova opção para as competições do bairro da Cidade de Nova, além de servir para receber jogos de pequeno porte durante o Campeonato Amazonense de futebol profissional.

“É mais uma forma de incentivar o esporte, que vive um bom momento em Manaus”, completou Alessandra.

O estádio comunitário da Zona Norte será um palco à altura dos torcedores, com campo de futebol gramado, arquibancadas, cabines de rádio, bilheteria, alambrado e muro de alvenaria. Hoje à noite (terça-feira, às 19h) a secretária Alessandra Campelo vai se reunir com os moradores do conjunto Oswaldo Frota para explicar todos os detalhes da construção do estádio.

“Nós não queremos que os comunitários tenham nem uma dúvida, por isso vamos fazer essa reunião, que tem como objetivo deixar bem claro que eles não estão perdendo um campo de futebol, mas sim ganhando um estádio com boas estruturas, onde eles vão realizar as próximas competições da Zona Norte”, finalizou.

O Craque fez três perguntas para a Secretária de Estado da Juventude, Desporto e Lazer (Sejel) Alessandra Campelo.

Por que a senhora resolveu brigar para tirar esse projeto da gaveta?

O futebol comunitário é muito forte em Manaus, na Zona Norte existem muitos boleiros, por isso quando eu descobri que existia essa verba decidi ir pessoalmente a Brasília tentar tirá-la do papel e graças a Deus deu certo.

Quando devem iniciar as obras do Estádio?

Assim que o projeto for aprovado pelo Ministério do Esporte. Com o dinheiro liberado fica mais fácil, por isso acredito que no máximo em dois meses.

Qual a importância de construir um estádio na Zona Norte de Manaus?

O bairro da Cidade Nova é muito grande e existem muitos boleiros lá. Acredito que com esse estádio comunitário estaremos incentivando esses talentosos que terão um espaço melhor para jogar futebol e terão chances de se profissionalizar.

Publicidade
Publicidade