Publicidade
Esportes
Liberados

Estádios do AM têm laudos renovados e estão aptos à receber jogos oficiais

A Sejel anunciou nesta quinta-feira (10) que a Arena da Amazônia, Colina e Carlos Zamith estão liberados para receber partidas oficiais da CBF. A pasta trabalha para a liberação também do Floro de Mendonça e Gilbertão no interior do Estado 10/03/2016 às 12:14 - Atualizado em 10/03/2016 às 12:28
Show arena
Arena, Colina e Carlos Zamith tiveram laudos liberados e estão aptos a receber jogos oficiais da CBF.
Divulgação/Sejel Manaus (AM)

A Arena da Amazônia e os estádios Carlos Zamith e Ismael Benigno (Colina) estão aptos a receber partidas oficiais da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). O anúncio foi feito na manhã desta quinta-feira (10) pelo titular da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel) , Fabrício Lima, em reunião com o diretor técnico da Federação Amazonense de Futebol (FAF), Ivan Guimarães, na sede da pasta, localizada no Dom Pedro, na Zona Centro-Oeste da capital.

O pedido de renovação de documentos incluía os laudos de engenharia, plano de controle de incêndios, segurança e vigilância sanitária.

"Com muita satisfação que divulgamos que estamos de posse de todos os laudos que permitem, com segurança, jogos em nossos estádios. Estamos trabalhando para concluir os do Floro de Mendonça e Gilbertão, em Itacoatiara e Manacapuru respectivamente, e eles devem estar prontos o quanto antes. Agradeço o empenho de todos os órgãos envolvidos. Temos campeonatos a receber nos próximos dias e aproveito para convidar a população a lotar os estádios", disse Lima.

Com os laudos em dia, a Colina receberá na próxima quarta-feira (16) o jogo de volta entre Nacional e Santos-AP, pela Copa Verde. Também está confirmada a partida entre Iranduba e Corinthians, no dia 23 de março, na Arena da Amazônia, pela segunda fase do Campeonato Brasileiro Feminino.

Gilbertão e Floro

De acordo com o diretor técnico da FAF, Ivan Guimarães, apesar dos estádios Floro de Mendonça, em Itacoatiara (distante 176 quilômetros de Manaus) e Gilbertão, em Manacapuru (a 68 quilômetros da capital) não pertecerem ao Governo do Estado, foi firmada uma parceria entre as prefeituras dos respectivos municípios e a Sejel para que os laudos pendentes fossem viabilizados com mais agilidade.

"Tanto a FAF, quanto a Sejel, estão inclinadas à ajudar as prefeituras de Itacoatiara e Manacapuru para que esses laudos possam sair até o início da semana que vem. Aqueles que mais nos preocupavam, por conta das rodadas, e que ficam na capital, já estão resolvidos e ficamos contentes em apresentar tudo em dia", comentou Guimarães.

*Com informações da assessoria de comunicação

Publicidade
Publicidade