Publicidade
Esportes
Craque

Estados Unidos pedem à Suíça extradição de ex-presidente da CBF acusado de corrupção

Justiça norte-americana solicitou que os suíços extraditassem os sete dirigentes da Fifa presos envolvidos no escândalo que abalou a entidade máxima do futebol mundial. A Justiça Federal da Suíça deve dar o parecer nas próximas semanas 02/07/2015 às 10:04
Show 1
Cartola brasileiro foi preso na Suíça
Joshua Franklin/Reuters Zurique (Suíça)

Os Estados Unidos pediram para a Suíça extraditar sete dirigentes da Fifa presos em investigação sobre um escândalo de corrupção no futebol mundial, informou a Justiça Federal suíça nesta quinta-feira (2).

Os dirigentes, entre eles o ex-presidente da CBF José Maria Marin, estão na cadeia desde que foram detidos por meio de mandados de prisão norte-americanos em uma operação realizada dentro de um luxuoso hotel de Zurique em 27 de maio.

As prisões ocorreram dois dias antes do Congresso anual da Fifa, colocando a organização no meio de uma enorme crise.

Procuradores norte-americanos afirmaram que a investigação - que é paralela a uma investigação suíça- expõe complexos esquemas de lavagem de dinheiro, milhões de dólares em rendas não tributadas e dezenas de milhões em contas no exterior de dirigentes da Fifa.

Os sete estão entre 14 pessoas acusadas em casos envolvendo mais de 150 milhões de dólares em propinas em um período de 24 anos. A Justiça suíça informou que iria decidir sobre os pedidos de extradição em poucas semanas.


Publicidade
Publicidade