Publicidade
Esportes
Craque

Estadual 2015: Nacional tenta manter invencibilidade contra o 'filho caçula' Manaus FC

Marcado para 20h desta segunda-feira (16), na Colina, jogo também marca o retorno do atacante Titton ao futebol amazonense - o jogador do Manaus FC deve estrear contra o time no qual jogou em 2011 16/03/2015 às 08:06
Show 1
No segundo jogo à frente do Naça, Lana elogiou muito o adversário
Felipe de Paula Manaus (AM)

Nacional e Manaus FC têm compromisso marcado nesta segunda-feira (16), às 20 horas, no estádio Ismael Benigno, a Colina, pela quinta rodada do Campeonato Amazonense. O Nacional é o vice-líder do Estadual, com nove pontos (perde para o Penarol, mas tem menos partidas jogadas), e segue com 100% de aproveitamento na competição. O Manaus FC, por sua vez, foi mais irregular - perdeu as duas primeiras partidas - mas se recuperou nas duas últimas, tendo feito oito gols em dois jogos.

O jogo tem um componente de rivalidade maior, já que o Manaus FC foi fundado após dissidências dentro do Nacional. O ex-presidente do Leão da Vila Municipal, Luís Mitoso, saiu do clube para fundar o novo time.

O técnico do Nacional Futebol Clube, Aderbal Lana, concorda. “O jogo de amanhã (hoje) é diferenciado em todos os aspectos. Primeiro por essa questão da diretoria, que evidentemente traz uma motivação muito maior (para a partida), segundo (pelos aspectos) dentro de campo’, disse Lana,  prevê um jogo muito difícil.

“A mesma dificuldade que temos eles também vão ter. Espero um jogo muito difícil, muito disputado”, disse Lana, que também elogiou muito a equipe rival, em especial o goleiro Jonathas, ex-Nacional. “É um jogador que sempre tive uma admiração muito grande. É um dos jogadores amazonenses que é um dos melhores goleiros que vi jogar, e que acho que tem um futuro muito grande no futebol brasileiro, pela altura, pela elasticidade...”, disse Lana.

O técnico também citou o atacante Martony e o volante Eduardo. “Sempre gostei de vê-lo jogar”, disse, sobre o último. Lana não deu informações táticas sobre o time, mas prometeu mais alterações no esquema do time  para o jogo de hoje.

Até que enfim, Titton!

O estreante do dia é o atacante Alex Titton, 24. O jogador esperou três semanas para estrear por problemas burocráticos na sua transferência e anseia pela estreia, que será justamente diante do time pelo qual atuou pela primeira vez no Campeonato Amazonense, em 2011, quando fez nove gols em 11 jogos pelo Leão da Vila.

‘Feliz de pegar o Naça’

Com fome de bola aumentada pela demora para estrear, o jogador conta estar ansioso, espera também um jogar muito acirrado e se diz “feliz de jogar contra o Nacional”. “É um time de expressão no Estado, passei bons momentos lá e é sempre bom jogar partidas importantes”, disse ele.

Perguntado se, depois de tanta burocracia vencida para se regularizar, ficava mais fácil vencer a defesa nacionalina, Ti    tton, riu. “Quem dera fosse assim”, brincou ele, dizendo que, se marcar,  ainda não sabe se vai comemorar o gol. “Estou pensando ainda, mas se comemorar, vai ser tranquilo”, disse Titton.

 

Publicidade
Publicidade