Terça-feira, 18 de Junho de 2019
Hora da Fera

3B encara Sampaio Corrêa fora de casa em estreia no Brasileiro nesta quinta (26)

A Fera da Amazônia inicia sua campanha na segunda divisão do futebol feminino brasileiro diante do Tricolor maranhense, às 14h, no estádio Castelão, em São Luís



oapp.JPG Sérgio Duarte aposta na força da Fera diante do Sampaio. Foto: Antonio Lima
26/04/2018 às 06:00

Chegou a hora da Fera beber água. Em sua estreia na Série A2 do Brasileirão Feminino, o 3B da Amazônia sai da sua toca para encarar o Sampaio Corrêa, nesta quinta-feira (26), às 14h (Manaus), no estádio Castelão, em São Luís. 

O jogo válido pelo Grupo B do torneio é o primeiro de sete do 3B na competição que dá ao campeão e ao vice vaga na elite do futebol feminino brasileiro.

Responsável por uma virada histórica na fase preliminar da Série A2 - o time maranhense perdia por 4 a 0 para o Comercial-MS, mas virou o jogo pra 5 a 4 conseguindo a classificação -, o Sampaio é um time perigoso e o técnico Sérgio Duarte sabe disso.

“Nós acreditamos que será um jogo difícil. É um adversário que tem qualidade e vai jogar em casa. Mas a gente está consciente da nossa condição e do trabalho que nós realizamos”, disse o treinador do 3B apontando o que pode pesar à favor da Fera.

“Fizemos um trabalho visando muito além do potencial técnico das jogadoras. A parte tática, o posicionamento com e sem a bola porque acreditamos que vai passar muito por esse detalhe o desfecho desse jogo”, enfatizou Duarte.

O 3B estreia na Série A2 fora de casa. Foto: Antonio Lima

Mesmo com um elenco enxuto, o técnico do 3B aposta nas suas atletas e crê que a Fera voltará do Maranhão com três pontos na bagagem. “As jogadoras assimilaram bem os treinos e a gente está convicto de que, colocando isso em prática aliado às qualidades técnicas que elas têm, a gente vai conseguir superar nosso adversário e temos condições de iniciar o campeonato com um bom jogo e, consequentemente, com o resultado positivo”, pontuou.

A Fera misteriosa

Se o time do 3B sabe o que vai encarar pela frente, o treinador da Bolívia Querida afirma não ter informações de seu adversário. O técnico Fernando Castelo Branco e sua comissão técnica até tentaram, mas pouco descobriram sobre a Fera.

“Temos procurado nas redes sociais e nas mídias esportivas de Manaus, mas a gente tem pouquíssimas informações. Soubemos que o treinador que classificou a equipe saiu e ele conseguiu levar algumas jogadoras com ele”, comentou o técnico do Sampaio revelando sua tática para o jogo de hoje.

“Por isso mesmo a gente deixou um pouco de se preocupar com o 3B e nos preocupamos com nossa equipe. Tentamos formatar nossa equipe, dar um padrão de jogo para o time, e durante o jogo conhecer a equipe e tentar neutralizar os pontos fortes do 3B”, afirmou o treinador do Sampaio Corrêa.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.