Publicidade
Esportes
Craque

Ex-goleiro do Vasco torce por triunfo do Flamengo contra Vitória, em Manaus

Fernando Prass, hoje defendendo o Palmeiras, admitiu que vai torcer por uma vitória do Rubro Negro contra os baianos. Na luta contra o rebaixamento, assim como o time da Bahia, o arqueiro alviverde também confirmou que já recebeu “mala branca” pra vencer jogo 26/11/2014 às 13:41
Show 1
Fernando Prass, que passou pelo Vasco antes de jogar no Palmeiras, vai torcer para o Flamengo vencer o Vitória em Manaus.
ACRITICA.COM Manaus (AM)

Restando apenas duas rodadas para o fim do Brasileirão, ainda existem três vagas em aberto para o rebaixamento para o ano que vem. E o Palmeiras é um dos sérios candidatos a preencher uma dessas lacunas na competição. Pensando em fugir dessa situação, o goleiro Fernando Prass conta com a ajuda do Flamengo contra o Vitória, no duelo do próximo sábado (29). O camisa 1 do Alviverde afirmou ter recebido dinheiro para vencer um jogo e acha isso normal.

O Palmeiras perdeu seus quatro últimos confrontos no Brasileirão e todos por 2 a 0, está a apenas um ponto de entrar na zona da degola. Mesmo pronto para o “abate”, o Porco pretende escapar dessa situação no próximo sábado, e com a ajuda do Flamengo. Isso é o que espera o goleiro Fernando Pras, o ex-goleiro do Vasco da Gama conta com o triunfo dos cariocas sobre o Vitória-BA, adversário direto na luta contra o rebaixamento.

"Temos agora dois jogos, seis pontos a disputar e, se o Flamengo ganhar do Vitória, só precisamos de uma vitória simples para já escapar”, analisou o jogador. Mesmo sabendo que o jogo do Flamengo só começa depois do duelo do Palmeiras contra o Internacional (marcado para às 17h30 - hora de Manaus), o arqueiro do Alviverde acha que seria mais justo que ambos os jogos começassem no mesmo horário.

"Seria mais justo ter os dois jogos no mesmo horário, mas não temos que nos preocupar com isso. É nos preocupar muito mais conosco do que com qualquer outra coisa. Obviamente, vamos acompanhar o jogo do Vitória, que é importantíssimo para nós, dá a condição de já nos deixar livre ou poder jogar em casa dependendo da gente", disse o goleiro.

Caso o Palmeiras seja derrotado pelo Inter-RS e o Flamengo perca para o Vitória, o Alviverde vai para a última rodada do Brasileirão precisando vencer o Atlético-PR, e ainda torcer mais uma vez contra os baianos para não ser rebaixado.  

Mala branca

Prass admitiu que já recebeu dinheiro de outro clube para ganhar uma partida e acha a prática normal. “Já recebi de outro clube para vencer o jogo", confessou o arqueiro sem querer entrar em detalhes sobre qual jogo ou quem seria o portador da mala branca. No entanto, o goleiro do Palmeiras afirmou que pagamento algum garante uma vitória. “Se dinheiro garantisse alguma coisa, nós mesmos faríamos uma vaquinha. Mas isso não existe, é muito subjetivo", despistou.

Por outro lado o Flamengo também pensa em vencer o Vitória para não sentir no bolso mais uma derrota no campeonato. A Adidas, fornecedora de material esportivo do Rubro Negro, tem em contrato o direito de não pagar parte dos percentuais anuais ao time da Gávea, caso o clube não termine o campeonato entre os dez primeiros colocados do Brasileirão.

O detalhe interessante nesse caso envolvendo valores altíssimos é que a empresa alemã é a mesma fornecedora de material esportivo do Palmeiras. Mala branca ou não, o Palmeiras começa a fazer as contas para não cair para a série B, justamente no ano do centenário do clube. 


Publicidade
Publicidade