Publicidade
Esportes
NA ÁSIA

Ex-Nacional, atacante Junior Negão tem ano de ouro no futebol coreano

Defendendo o Ulsan Hyundai FC, o atleta amazonense teve sua melhor temporada e virou destaque da equipe no ano 16/12/2018 às 06:10 - Atualizado em 16/12/2018 às 13:59
Show junior neg o  2bb508a2 87be 4d34 9b3c 9b2bd0f44a7f
Jogador demonstrou todo o faro artilheiro e balançou as redes coreanas 22 vezes no campeonato nacional (Foto: Divulgação/Ulsan Hyundai)
Valter Cardoso Manaus (AM)

Mais de 16 mil quilômetros separam o Amazonas da Coreia do Sul, ainda assim o futebol demonstrado por Júnior Negão, cria da base do Nacional, não viu fronteiras e brilhou do outro lado do mundo em 2018.

Defendendo o Ulsan Hyundai FC, Junior teve sua melhor temporada no futebol asiático e virou destaque da equipe no ano.  “Sem sombras de dúvida também foi minha consolidação  aqui no futebol coreano porque eu vim ano passado, vindo da Tailândia que é um país menos tradicional, vamos dizer assim, no futebol asiático e logo no meu primeiro jogo eu já machuquei. Aí eu passei cinco meses machucado, voltei no meio do ano e acabei fazendo poucos jogos, fiz apenas quinze e mesmo indo bem nesses jogos sempre fica aquela dúvida: ‘Será que ele vai conseguir jogar a temporada toda?’, ‘Será que vai conseguir mostrar o mesmo desempenho?’, aí veio esse ano e eu acabei indo muito bem também e acabou sendo a consolidação realmente, de poder demonstrar o meu futebol, de poder mostrar o que eu realmente posso fazer. Foi um ano maravilhoso para mim”, analisou Júnior.

 No campeonato sulcoreano, o Ulsan Hyundai FC ficou com a terceira posição, mas Junior foi um dos destaques do campeonato, ficou em terceiro lugar na lista de artilheiros ao marcar 22 gols, e garantiu vaga na seleção do campeonato. “Eu fiquei muito feliz porque o Campeonato Coreano tem uma tradição muito grande aqui na Ásia, então ser indicado, como fui indicado a MVP (jogador mais valioso) do campeonato, e estar na seleção do campeonato, então  fiquei realmente muito feliz porque foi a consolidação do meu trabalho, o reconhecimento vem através disso, dessas indicações, desses comentários. Depois de um ano muito difícil e esse ano, onde também acabei não começando tão bem, e aí no final termina com a gente na final”, garantiu o atacante. Outros nomes conhecidos do futebol brasileiro também integram a lista como Negueba, ex-jogador de Flamengo e São Paulo.

Nascido na Bahia e criado no Amazonas, Junior Negão ganhou destaque  nas categorias de base do Nacional, onde subiu para a equipe profissional. O atacante deixou o  clube amazonense l no começo de 2007 e teve passagens por clubes grandes como Atlético-MG e Corinthians, outros de porte médio como ABC-RN, Figueirense-SC, América-MG, Guarani-SP e até por times europeus, na Suíça, Portugal e Bélgica. Em 2016 desembarcou na Ásia e já parece totalmente adaptado ao futebol local. “O futebol asiático já é muito diferente do futebol brasileiro e europeu. Tem algumas coisas que só acontecem aqui, mas a minha avaliação do futebol coreano, lógico que com diferença técnica e tática do Brasil já que a qualidade é diferente, mas é um futebol onde eles se planejam para melhorar”, revelou o jogador, que também fez questão de destacar o comportamento das torcidas.

“O que mais me chama a atenção aqui é o respeito. O respeito que os clubes têm com os jogadores, que os torcedores têm com os jogadores. Isso me chama a atenção. Eles olham para o ser-humano antes do jogador. Na Coreia você tem clássicos, tem rivalidade, tem tudo isso, mas isso fica dentro de campo, quando o jogo termina você passa pelas torcidas adversárias e elas vão te respeitar. Ás vezes até pedem autógrafo, foto, então a gente sente que o respeito fica em primeiro lugar”, completou.

Já em Manaus para recarregar as energias, Júnior já pensa na temporada de 2019 e mira conquistas ainda maiores. “Eu tenho contrato com o Ulsan até o ano que vem e a meta é realmente continuar porque já conseguimos a vaga na Champions (Asiática) e a meta é tentar manter o time que foi montado esse ano para ter base para chegar forte no ano que vem e tentar buscar coisas maiores. Esse ano nós chegamos perto, vamos dizer assim, ficamos nas quartas de final da Champions, em terceiro na Liga Coreana. Então ano que vem é melhorar cada vez mais, tentar manter a base do que foi montado neste ano, trazer alguns reforços porque também perdemos alguns jogadores já e tentar fazer um ano melhor ainda”, finalizou o atacante.

Publicidade
Publicidade