Quarta-feira, 20 de Novembro de 2019
NOVA FUNÇÃO

Ex zagueira do Iranduba Renata 'Koke' vira auxiliar técnica do clube

A convite do treinador João Carlos Cavalo e do presidente do clube, Amarildo Dutra, a ex-jogadora vai atuar como auxiliar para o Barezão Feminino no campeonato Amazonense



WhatsApp_Image_2019-09-25_at_17.48.17_E604AD78-75E7-4F86-8CDF-42648FB67348.jpeg Foto: Denir Simplicio
25/09/2019 às 18:04

Iniciando os trabalhos para a disputa do Barezão Feminino, o Iranduba realizou as primeiras atividades nesta quarta-feira (25), mesclando as atletas da equipe sub-18 e do elenco principal, no estádio Ismael Benigno, a Colina. A principal novidade do Hulk da Amazônia durante o treinamento foi a jogadora Renata Costa, a Koke, que iniciou o processo de transição dos gramados, como zagueira, para o banco de reservas, como auxiliar técnica.

O treinador João Carlos Cavalo, confirmado para comandar a equipe no estadual, falou sobre mais esse desafio no Hulk e o acompanhamento na mudança de função de Koke dentro do clube.



“Nesse tempo que eu estou Iranduba deu pra conhecer bem as meninas do principal, e claro que nós temos uma equipe bem qualificada, até pela transição das meninas do sub-18, o que vai ajudar bastante. E quanto a participação da Renata, é importante ter uma pessoa no grupo que tem a experiência que ela tem de Olimpíada, de pré-olímpico, de seleção brasileira. Eu tenho certeza que a experiência dela vai ser muito importante, por tudo o que ela adquiriu na carreira dela”, disse Cavalo.

Nova fase para Koke

Em processo de mudança para comissão técnica, Renata Costa contou que decidiu pendurar as chuteiras por conta de lesões no joelho e tornozelo. O convite para a função de auxiliar técnica, feito por João Carlos Cavalo e o presidente do Iranduba, Amarildo Dutraveio, veio logo em seguida.

“Sobre me integrar na comissao técnica, foi um convite do professor João Carlos Cavalo, juntamente com o presidente Amarildo, que fizeram essa proposta de eu poder ajudar como auxiliar técnica. Agradeço desde já a confiança do João em querer me ter como sua auxiliar, a princípio, para o campeonato Amazonense. Será um grande desafio, no qual fico muito feliz, pois sempre gostei de desafio, de aprender e de ensinar também”, declarou.

Vasta experiência na Seleção

Atuando no Iranduba desde 2017, a experiente zagueira, que jogou por mais de 15 anos no profissional, tem no currículo: três mundiais sub-20, três Copas do Mundo, sendo vice-campeã em 2007; três Olimpíadas, onde conquistou duas medalhas de prata em 2004 e 2008; três Jogos Pan Americanos, com duas medalhas de ouro em 2003 e 2007, e uma prata em 2011.

News 48367672 1136721996505445 2342939255929569280 n 2dad860c 0057 4e2e b7f5 f53181960f2f
Repórter do Craque
Jornalista formado na Ufam, campus de Parintins. Estudante de pós-graduação em jornalismo esportivo na Universidade Estácio de Sá. Repórter do Caderno de Esporte ‘Craque’ de A Crítica desde novembro de 2018.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.