Publicidade
Esportes
Craque

Facão afiado: UFC demite 13 lutadores e dois brasileiros estão na lista de desempregados

Com o intuito de dar oportunidades a novos talentos, a organização demitiu mais 13 ‘funcionários’ de seu cartel de mais de 550 nomes. Na lista de dispensados estão mais dois guerreiros “brasukas” 02/09/2015 às 15:05
Show 1
Igor Araújo foi uma das vítimas do facão do UFC.
ACRITICA.COM Manaus (AM)

O Ultimate Fighting Championship liberou mais uma lista de dispensa de lutadores. Desta vez o “Facão” (nome dado à lista de dispensa do UFC) do UFC demitiu 13 nomes e entre eles estão dois brasileiros, sendo que um deles vai “pendurar as luvas”. Antes ameaçado, o atleta Braga neto, assim como os outris amazonenses da franquia, continuam em alta com o todo poderoso Dana White e seguem firme na organização.

Os brasileiros que deixam o UFC são o mineiro Igor Araújo, e o paraense Ildemar Marajó. Lutando na categoria dos pesos meio-médio, Igor, inclusive, irá se aposentar do MMA. Tanto Marajó quanto Araújo vêm de derrotas no Ultimate.

Este é a terceira lista de dispensas do Ultimate somente em 2015. Em abril, a organização demitiu oito lutadores e dois brasileiros foram na barca. Na lista do mês de julho, outros 14 funcionários do UFC foram mandados embora. Desta vez brasileiros deixaram a organização.

Quem deve estar aliviado de não constar na lista de desempregados da organização é o amazonense Braga Neto. O lutador dos pesos médios, que é funcionário de Dana White, se envolveu numa briga em uma casa norturna de Manaus, no mês passado, e chegou a publicar uma mensagem pedindo desculpas aos fãs e reforçando seu desejo de permanecer no UFC.


Publicidade
Publicidade