Publicidade
Esportes
Craque

FAF aceita sugestão dos clubes e o Campeonato Amazonense de 2015 vai ter cinco meses de duração

Federação e clubes envolvidos deliberaram e decidiram manter a decisão da Série B, no estádio Ismael Benigno. Também ficou estabelecido que o Barezão da Série A 2015 terá duração de cinco meses 04/12/2014 às 20:57
Show 1
FAF define regulamento da próxima temporada
Denir Simplício Manaus (AM)

Depois de muito disse-me-disse e suposições, ficou decidido em reunião realizada na tarde desta quinta-feira (4), na sede da Federação Amazonense de Futebol (FAF), no Centro de Manaus, que a grande final do Campeonato Amazonense da Série B será mesmo decidido no estádio Ismael Benigno, a Colina, no próximo domingo (7), às 17h.

Desde o início desta semana especulou-se que a finalíssima da “Segundinha” entre Rio Negro e Operário, poderia ocorrer na Arena da Amazônia. No entanto, por conta dos altos custos de manutenção do estádio multiuso que recebeu a Copa, os clubes desistiram dessa hipótese.

Galo e Sapão decidirão quem será o campeão do “Barezinho 2014” (como está sendo chamado o torneio que dá acesso a elite do futebol local) logo após a decisão do campeonato amazonense de futebol feminino. A preliminar das mulheres contará com as equipes do Princesa do Solimões contra as meninas do Iranduba da Amazônia, que está marcado para iniciar às 15h.

De acordo com o presidente da FAF, Dissica Valério Thomaz, em momento algum a entidade foi procurada pelos clubes para que houvesse a mudança do local da decisão. Os times envolvidos só aceitariam fazer a final na Arena da Amazônia, caso não tivessem que arcar com os custos de manutenção do estádio. Não havendo acordo entre as partes, a decisão ficou mantida como está na tabela do torneio.

Barezão 2015

A FAF e os clubes filiados a Associação dos Clubes Profissionais do Estado do Amazonas (Acpea) chegaram a um consenso também em relação a forma de disputa do Campeonato Amazonense de 2015.  Representante de São Raimundo, Nacional Borbense, Manaus F.C, Nacional, Penarol, Fast e Rio Negro estiveram presentes e optaram por um campeonato com duração de cinco meses e com a final na Arena da Amazônia. 



Com duração maior que os torneio anteriores, os clubes apresentaram a proposta à FAF que achou interessante a fórmula de disputa em três fases. Pensando em movimentar o calendário do futebol local, a Federação também organizará outra competição no segundo semestre: a Copa Amazônia.

Seletiva 

O presidente da FAF ainda tentará junto à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) a disputa da Seletiva para a Copa Verde 2015. A entidade organizadora do futebol nacional anuncioou o Princesa do Solimões como o segundo representante do Amazonas no torneio interestadual. Um acordo entre clube e Federação Amazonense em abril deste ano, decidiu que a vaga seria definida em um torneio entre os sete clubes melhores colocados no Barezão 2014, deixando de fora apenas o campeão, no caso o Nacional.

“Ainda vamos brigar para que haja a Seletiva. Foi um acordo que fizemos e ainda não desistimos de organizar a competição”, afirmou Dissica durante a reunião entre clubes e federação, na sede da FAF na tarde desta quinta-feira.

Publicidade
Publicidade