Publicidade
Esportes
'TIRO CURTO'

FAF divulga regulamento e tabela do Amazonense Amazonense Feminino 2018

De "tiro curtíssimo", o Barezão Feminino desta temporada terá duração de pouco mais de duas semanas. FAF estuda fazer a final dupla na Arena da Amazônia: Série B masculino e Estadual Feminino 30/08/2018 às 19:11 - Atualizado em 30/08/2018 às 19:30
Show show whatsapp image 2017 11 04 at 19.16.31 da1c47ff 7a8c 465e 8eb0 7b00cf704134
Barezão Feminino 2018 será disputado em apenas quatro datas (Foto: Antonio Lima)
Denir Simplício Manaus (AM)

“Tiro curtíssimo”. Assim será o Campeonato Amazonense Feminino de 2018. Em reunião, realizada ontem na sede da Federação Amazonense de Futebol (FAF), ficou decidido que a competição terá pouco mais de duas semanas de duração. 

Com início previsto para o dia 4 de outubro e término no dia  20 do mesmo mês, o Barezão Feminino desta temporada será disputado em apenas quatro datas. Com quatro clubes inscritos (Iranduba, 3B da Amazônia, CDC Manicoré e Atlético Amazonense) o torneio tem como maior atrativo uma vaga no Brasileirão da Série A2.

Diretor de competições da FAF, Ivan Guimarães, explicou porque o Barezão Feminino desta temporada será mais curto que o de 2017, que durou quase dois meses. “Como são apenas quatro clubes, todos  concordaram em disputar o campeonato em rodada dupla e com portões abertos ao público. Até pra ter menos gastos. Outro problema é que a partir do dia 17 (outubro) os estádios vão ficar reservados para a Libertadores (feminina) e teremos dificuldade em conseguir praças esportivas para os jogos”, detalhou o dirigente.

Fórmula de disputa

O torneio será disputado em turno único onde os quatro clubes jogam entre si na fase de classificação. Os dois melhores colocados nessa fase farão a decisão em jogo único. 

 Na primeira rodada, no dia 4 de outubro, no estádio da Colina, o 3B encara o CDC Manicoré, às 18h. Logo em seguida, às 20h, o heptacampeão amazonense Iranduba recebe o estreante Atlético Amazonense. 

 Arquirrivais, Iranduba e 3B só se enfrentam na terceira e última rodada do torneio, no dia 13 (um sábado), às 16h30, no estádio Carlos Zamith. O palco da decisão ainda está em aberto. Ivan Guimarães pleiteia junto a organização da Libertadores a liberação da Arena da Amazônia para uma final dupla: Barezão Feminino e Campeonato  Amazonense masculino da Série B.

 “Nessa mesma época também acontece a final da Série B. Fiz o pedido e estou aguardando a liberação da Arena para fazermos as duas finais no dia 20 de outubro”, revelou o diretor da FAF.

    

Publicidade
Publicidade