Publicidade
Esportes
Tricolor 'campeão'

Fast bate Manaus FC por 3 a 1 e finaliza 1º turno como líder do Barezinho

Rolinho Compressor manteve o ritmo do restante do Amazonense Sub-20 e passou por cima dos Jovens Gaviões, na Colina; com a vitória, o Tricolor termina como campeão simbólico do turno da competição 01/07/2017 às 19:52 - Atualizado em 01/07/2017 às 19:57
Show ba
Fast venceu bem o Manaus FC e segue na ponta do Barezinho (Foto: Antônio Lima)
Denir Simplício Manaus (AM)

Rivalidade à flor da pele nas categorias de base do futebol Baré. Na tarde deste sábado (1º), Fast Clube e Manaus FC fizeram o jogo de fundo da rodada dupla disputada na Colina, a sétima e última do turno. No final do duelo, deu Tricolor de Aço pelo marcador de 3 a 1 - gols de Roni (contra), Vinicius e Bombado, para o Rolão; e Rivelino (pênalti) para o Gavião. Com o resultado, a equipe do Rolo Compressor terminou como campeão simbólico do 1º turno do Barezinho 2017.

Como vem se repetindo nos últimos anos, Fast e Manaus FC trocaram farpas desde o início da partida. Jogo pegado dos dois lados e a equipe comandada por Darlan Borges, que manteve a base do ano passado, tentava manter a posse de bola no campo do Gavião. Amargando a lanterna do campeonato - com 4 pontos - ao lado do Tarumã, o time do treinador Igor Cearense lutava para chegar à defesa tricolor.

No entanto, em bola parada, o Tricolor chegou ao primeiro gol. Aos 38 minutos, Bombado jogou a abola na área e o volante Roni desviou pro próprio gol. 1 a 0 pro Fast. A primeira etapa terminou assim e logo no início do segunto tempo o Fast usou do mesmo artifício para aumentar o placar. Novamente Bombado cobra falta na área e dessa vez o atacante tricolor Vinicius faz de cabeça. 2 a 0 Fast.

Bombado bombando

O Tricolor dominava todas as ações da partida quando mais uma vez o meia Bombado protagoniza lance na partida, porém, desta vez contra sua equipe. Aos 11 minutos, confusão na defesa fastiana e o camisa 8 do Tricolor mete a mão na bola na grande área: pênalti. Rivelino cobra e diminuiu para o Manaus FC: 2 a 1 pro Fast. 

Como se não bastasse ter dado duas assistências na partida e ainda ter "ajudado" o adversário, Bombado resolveu fechar com chave de ouro sua participação no duelo. Aos 25 minutos, bate rebate na cozinha do Gavião e a bola "acha" Bombado, que domina, vence a marcação e fuzila o gol de Matheus. 3 a 1 pro Fast e festa para Bombado, que de musculoso não tem nada, mas mostrou força na vitória do Tricolor sobre o Gavião.

Todos caem, menos Bombado que foi o destaque do Fast no jogo (Foto: Antônio Lima)

"Sempre joguei com muita raça e determinação, agora que voltei pro meio - estava jogando antes de lateral - e é nessa pegada mesmo. Infelizmente tive um erro ali que fui tentar dominar a bola e ela bateu na minha mão, mas estou feliz por ter feito meu primeiro gol e termos saído com a vitória", festejou o "musculoso" Bombado, que de tão magro parece flutuar em campo.

A vitória colocou o Fast na ponta isolada do Barezinho, com 18 pontos. Já o Manaus FC segue na rabeira do torneio, com 4 pontos conquistados em sete partidas.

 

Publicidade
Publicidade