Segunda-feira, 19 de Agosto de 2019
Craque

Fast e Princesa apostam em atacantes para duelo decisivo no Amazonense

Os dois times apostam em bons cabeceadores em duelo que definirá finalista do turno



1.jpg Os craques do Fast e do Princesa terão árdua tarefa para levar o time a final
01/05/2013 às 09:10

Com um excelente aproveitamento nas jogadas aéreas, o atacante do Fast Clube, Júnior, 36, que tem 1m84 de altura, promete “bombardear” o Princesa do Solimões e travar um duelo pelo alto, na partida desta quarta-feira (1), às 15h, no estádio Floro de Mendonça, em Itacoatiara (a 170 quilômetros de Manaus), pela semifinal do segundo turno do Campeonato Amazonense Chevrolet 2013. O artilheiro fastiano já balançou as redes adversárias sete vezes no Estadual, sendo quatro gols em “cabeçadas mortais”.

“O time está evoluindo tecnicamente no segundo turno e os gols estão saindo naturalmente nas jogadas aéreas. Tenho que fazer a minha parte e estar bem colocado para marcar os gols e ajudar o Fast a conquistar uma vitória com uma boa vantagem para jogarmos tranquilos a partida de volta, em Manacapuru. Vamos jogar com velocidade e pressionar o adversário durante toda a partida”, prometeu o “matador”.

Mesmo com dois desfalques de última hora - o lateral-esquerdo Alberto, com dores no joelho direito, e o volante Souza com virose - o técnico do Fast, Paulo Morgado, acredita em um resultado positivo contra o Princesa do Solimões. “Eu preferia jogar em Manaquiri, onde o gramado é superior ao do estádio Floro Mendonça, mas foi uma decisão da diretoria. Aqui (Itacoatiara), teremos mais apoio da torcida, já que o Fast já representou a cidade. A vantagem contra o Princesa é nossa. Em três jogos, vencemos dois e perdemos um”, provocou o técnico fastiano.

InvencibilidadeApesar do Rolo Compressor estar confiante no apoio da torcida em Itacoatiara, o Tubarão pode surpreender. É que, jogando na Velha Serpa, o Princesa goleou o Sul América por 4 a 0 no primeiro turno e empatou com o Penarol na semifinal daquela fase, classificando-se à decisão.

Para complicar ainda mais a vida do Tricolor de Aço, o atacante Joiner, que ano passado marcou 11 gols atuando pelo time fastiano, marcou três gol contra o Tarumã este ano defendendo as cores do time da “Terra da Ciranda” e quer confirmar a boa fase em cima do ex-clube.

“O Fast é uma grande equipe, mas não é imbatível. Joguei contra eles na final do primeiro turno e não consegui fazer gols, agora quero marcar para dar alegrias à torcida do Princesa e dar um grande passo para a classificação e o título inédito de campeão estadual. Estou me entendo muito bem com o Marinelson e, juntos, vamos infernizar a defesa fastiana”, promete.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.