Publicidade
Esportes
Estreando fora de casa

Fast termina no 0 a 0 contra o Baré e se queixa das condições do campo

O Rolo Compressor estreou com o empate e volta para a cidade de Manaus com um ponto na bagagem 21/05/2017 às 21:18
Show fasti
O técnico Donmarques Mendonça ficou na bronca com o gramado da Vila Olímpica Roberto Marinho
Camila Leonel Manaus (AM)

O Fast foi a Roraima enfrentar o Baré na Vila Olímpica Roberto Marinho e não saiu do 0 a 0 em partida válida pelo Grupo A1. O time de Manaus criou várias chances de gol, mas de acordo com o técnico Donmarques Mendonça, a principal dificuldade do Tricolor de Aço foi o campo com dimensões menores e grama alta.

“Foi um jogo difícil porque é um campo muito pequeno, as dimensões são bem menores e isso atrapalha você não consegue criar espaço para jogar”, avaliou.

Apesar de não voltar para Manaus com a vitória, o técnico observou qualidades na equipe.

“No geral foi bom um ponto fora de casa numa competição difícil sempre é bom resultado. O importante é que não perder. O time me agradou e a gente vai trabalhar algumas coisas que observei, mas o nosso foco já é o jogo de quarta-feira e a gente vai ajustando”, disse.

Na segunda rodada, o Fast joga em casa contra o São Raimudo-PA, às 16h na Arena da Amazônia, mas antes, na quarta-feira, o Tricolor de Aço enfrenta o Manaus quarta, às 20h, no estádio Carlos Zamith.

Publicidade
Publicidade