Sexta-feira, 27 de Novembro de 2020
Vitória

Fast faz o dever de casa e goleia o Independente-PA pela Série D

Com dois gols de Daivison e um de Ítalo e João Paulo, o Tricolor de Aço recupera o caminho das vitórias e volta à liderança do grupo A1



120853116_10224200737990681_4077244480122352640_o_4319B05E-A55C-4891-AC5F-BC57121AF008.jpg Foto: João Normando
04/10/2020 às 20:32

Depois de dois jogos sem vitórias, o Fast faz as pazes com a vitória ao golear a equipe do Independente de Tucuruí, pelo placar de 4 a 0, na noite deste domingo (5), no estádio Ismael Benigno (Colina), pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro da Série D. Os gols da partida foram marcados por Daivison aos 22 do primeiro tempo e aos 11 do segundo, Ítalo aos 30 e João Paulo aos 43 da etapa final. Com o resultado, o Fast volta para a liderança do grupo A1, com sete pontos ganhos e um saldo de seis gols positivo. Já o Galo Elétrico permanece na lanterna do grupo com nenhum ponto ganho.

O Fast voltará à campo no próximo sábado (10), contra o Ji-Paraná-RO, no estádio Biancão, pela quinta rodada da Série D. A equipe do Independente-PA tentará espantar a má fase contra Bragantino-PA, no próximo domingo (11), no estádio Diogão.



Partida começa movimentada para os dois lados

Precisando do resultado para somar seu primeiro ponto na competição, o Independente se lançou para frente e ofereceu o primeiro lance de ataque da partida. Danrley aproveitou desatenção do meio-campo Tricolor, avançou para a entrada da área, mas chutou sem força, fácil para Rangel encaixa com segurança. Um minuto depois, o Fast tem um gol anulado. Bernardo coloca para Daivison na área, que escora pro gol, mas em posição irregular segundo a assistente Anne Kessy subiu a bandeira.

Aos seis, o camisa 11 do Galo Elétrico consegue boa jogada pelo lado direito do ataque, puxa pra perna boa e finaliza na direção de Rangel.

Bacas puxa a responsabilidade

A primeira vez foi ainda aos 9 minutos, quando o camisa sete saiu desde a defesa, levou todo a marcação do adversário e tentou chutar colocado, da entrada da área, mas a bola foi por cima do gol. Aos 14, Bacas conduz com velocidade, passa pra Caíque. O atacante rola pro Edison Negueba que chuta sem direção.

Fast chega ao gol e Natan é expulso

Após tanto insistir, o Tricolor de Aço chegou ao gol. Bernardo passa pra Pelezinho na entrada da área, o volante finaliza cruzado e o centroavante Daivison esticou a perna para abrir o placar. O gol deu mais tranquilidade para o Fast, em contrapartida, deixou o sistema defensivo do Galo Elétrico mais nervoso. O zagueiro de origem, Natan (ex-Penarol), em duas jogadas, conseguiu tomar dois cartões e ser expulso. A primeira foi quando chegou por cima em Dadá, e a outra foi aos 34 minutos, quando solou Bacas na entrada da área.

Ítalo entra e amplia o placar

Com mais espaço e superioridade numérica, o Fast passou a criar uma oportunidade atrás da outra. Aos 19, Souza recebeu em velocidade pela lado esquerdo, mas finalização acerta a rede pelo lado de fora. Ítalo que entrou no lugar do cansado Caíque, que correu bastante durante a partida. O camisa número 16 entrou bem participativo pelo lado direito do ataque da equipe do técnico Ricardo Lecheva. Aos 30 minutos, Ítalo faz grande jogada individual, cortou para dentro e finalizou cruzado, sem chance para Evandro.

João Paulo dar número finais à partida

Após jogada pelo lado direito do ataque, João Paulo recebe dentro da entrada da área e com tranquilidade, definiu a partida para o Tricolor de Aço.

Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.