Publicidade
Esportes
FUTEBOL

Fast vence Holanda e leva vantagem para decisão do Amazonense Sub-19

Agora, para conquistar o título da categoria, o Fast pode até empatar. Em caso de vitória do Holanda, por um gol de diferença, o campeão será definido nos pênaltis 12/08/2018 às 20:21
Show bc4a2aa2 130c 4715 977b cbc8d39c60a9 1534119715
Foto: Junio Matos
Valter Cardoso Manaus (AM)

A grande final do Campeonato Amazonense Sub-19 teve os primeiros 90 minutos disputados de maneira intensa neste domingo (12). No estádio Ismael Benigno, a Colina, em Manaus, o Fast venceu o Holanda por 1 a 0 e levou a vantagem para a grande decisão, que acontece na próxima quarta-feira (15).

O grande herói da vitória fastiana foi o atacante Lucas, que fez o gol que definiu o placar aos 19 do segundo tempo, em uma partida que teve emoção até o último minuto.

Agora, para conquistar o título da categoria, o Fast pode até empatar. Em caso de vitória do Holanda, por um gol de diferença, o campeão será definido nos pênaltis, e caso a Laranja Mecânica vença por dois ou mais gols de diferença, levanta o troféu.

O jogo

Desde os primeiros minutos, o equilíbrio do jogo ficou evidente. Aos 10 minutos, os dois times já haviam criado chances claras em momentos alternados, mostrando o porquê das duas equipes terem chegado à decisão do campeonato.

Conforme o tempo avançava, os dois times diminuíam o ritmo dentro de campo. O Holanda passou a ter mais posse de bola, mas o Rolo Compressor levava perigo nas jogadas de velocidade, principalmente através de Benna e Leozinho. Ainda assim, os primeiros 45 minutos terminaram sem gols.

No segundo tempo, os times adotaram uma postura mais consevadora, ainda assim o placar foi inaugurado. Aos 19, Lucas mostrou porque veste a camisa 9. O atacante recebeu bom passe, invadiu a área e completou com tranquilidade no canto do goleiro para fazer 1 a 0 para o Fast.

Aos 30, o Holanda chegou a acertar a trave em um lance quase acidental. Em cruzamento na área, a bola pegou uma curva e quase surpreendeu o goleiro.

Nos instantes finais da partida, o Holanda representou o estilo futebol total e se lançou ao ataque em busca da igualdade no placar, mas não foi o suficiente.

Publicidade
Publicidade