Publicidade
Esportes
De volta ao G4

Fast passa sufoco, mas vence São Raimundo e retorna ao G4 do Barezão

De virada, o Fast fez um belo segundo tempo e conseguiu vencer o São Raimundo 02/05/2017 às 23:47 - Atualizado em 03/05/2017 às 10:29
Show fastche
Léo Guerreiro fez o terceiro gol do Fast (Foto: Antônio Lima)
Camila Leonel Manaus (AM)

O Fast volta a vencer após quatro jogos e volta para o G4 do Barezao. Na noite de ontem, o Rolo compressor, de virada, venceu o São Raimundo por 3 a 2. Gols de Werley, Felipe e Léo Guerreiro. Gustavo e Gilmar descontaram para o Tufão.

Com a vitória, o Fast chega a 19 pontos. Na próxima rodada, o São Raimundo recebe o Princesa do Solimões no estádio da Colina, às 18h, de sábado (6). Já o Fast tem confronto direto com o Manaus na sexta (5), no Carlos Zamith às 20h.

O Jogo

As duas equipes pouco atacaram no primeiro tempo. As chegadas do Fast não levavam tanto perigo à meta colinense, mas sempre que necessário, Darlan chegava para afastar ao perigo.

O São Raimundo pouco chegava à área fastiana e das vezes que se aproximou, demorava para concluir, se tornando presa fácil para a defesa fastiana. Mas aos 43 minutos, a chegada de Maués foi interrompida por Tiago Félix com falta dentro das área. Pênalti. Gustavo cobrou e abriu o placar para o Tufão.

Na volta para o segundo tempo, o técnico João Carlos Cavalo colocou dois alas: Maxsuel e Cassiano e foi aí que começou a pressão fastiana.  Aos quatro, escanteio cobrado por Railson, Thiago Brandão cabeceou, mas a bola encontrou as mãos de Darlan. Porém o arqueiro do São Raimundo não conseguiria segurar a vantagem do Tufão por muito tempo.

Com cinco minutos, Railson cobrou falta pelo lado esquerdo, Werley veio de trás chutando forte sem chance para Darlan. Era o empate do Fast. Como só a vitória interessava, o Rolo compressor continuou pressionando até que em uma das descidas, Ronilson foi cortar e acabou tocando a bola com a mão. Pênalti. Felipe aos 15 cobrou e virou para o Fast. Na comemoração, ele mostrou a camisa 17, de Charles Chenko em homenagem ao companheiro de equipe, que sofreu um choque de cabeça no jogo contra o Nacional.

Do outro lado, Delmo colocou Elivelton pra tentar arrumar o meio campo. O São Raimundo, com isso, começou a jogar. Em uma das jogadas, Maik tentou cortar uma bola chutada pra área e Gilmar tentou de bicicleta, mas a bola se perdeu na linha de fundo. O Fast ainda marcou mais um, aos 27 minutos, após Felipe jogar pelo lado direito e perto da linha de fundo cruzar para a cabeça de Léo Guerreiro, que aproveitou e ampliou.Com 32 minutos, Gustavo foi derrubado na área. Gilmar cobrou e diminuiu. Tentando o empate, Delmo colocou o atacante Elson Bala e o São Raimundo começava a rondar a zaga fastiana e ter mais a bola, mas a defesa tratava de proteger o gol de Maik Douglas.

Publicidade
Publicidade