Publicidade
Esportes
Craque

Febre de vitórias: mesmo doente Lewis Hamilton garante que disputará GP do Brasil

Por recomendações médicas, o piloto inglês, que sentiu febre, atrasou sua viagem ao Brasil e só deve desembarcar no Rio nesta quarta-feira (11). Hamilton nunca venceu em Interlagos, justamente a pista onde seu ídolo de infância, Ayrton Senna se consagrou 11/11/2015 às 12:08
Show 1
O piloto britânico pode conquistar o tricampeonato no GP dos EUA.
Reuters Rio de Janeiro (RJ)

O britânico Lewis Hamilton, tricampeão de Fórmula 1, se sentiu mal e atrasou sua viagem ao Brasil por recomendação médica, mas irá competir no fim de semana na penúltima corrida da temporada, informou a equipe Mercedes nesta quarta-feira (11).

Um porta-voz da equipe disse que o piloto de 30 anos teve febre, mas irá viajar ao Brasil mais tarde nesta quarta-feira, um dia depois do planejado. Hamilton foi excluído anteriormente de um evento de patrocinadores em São Paulo, o que gerou especulações de que não iria participar da corrida.

"Não, não irá perder a corrida", disse o porta-voz. "Vai chegar um dia depois... o médico recomendou que cancelasse a viagem original, logo perderá a conferência de imprensa de hoje".

Hamilton nunca ganhou o Grande Prêmio do Brasil, em Interlagos, pista onde seu ídolo de infância e também tricampeão mundial, Ayrton Senna, começou e se consagrou. Seu companheiro de equipe, o alemão Nico Rosberg, foi o vencedor da corrida no ano passado.

O britânico conquistou seu terceiro título mundial no Texas no mês passado, com três corridas restantes na disputa, e a Mercedes também reconquistou sua coroa no mundial de construtores.



Publicidade
Publicidade