Publicidade
Esportes
Craque

Federação Amazonense de Futebol adia copa verde para 2014

Com adiamento do torneio, confirmado pela CBF, Naça e Princesa só voltam a campo no próximo ano 11/09/2013 às 08:20
Show 1
Torcida do Nacional só vai ver novamente seu time profissional em 2014
AUGUSTO COSTA ---

A maré de notícias ruins do futebol amazonense continua. Depois da eliminação do Nacional da Série D do Campeonato Brasileiro e a ida do meia-atacante Danilo Rios para o Fortaleza, o diretor da Federação Amazonense de Futebol (FAF), Ivan Guimarães, confirmou nessa terça-feira (10) que a Copa Verde, prevista para começar no próximo mês, só vai acontecer no ano que vem. Com isso, o futebol profissional no Amazonas só volta a campo em 2014.

“A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) decidiu que a Copa Verde será realizada somente no ano que vem. Vai começar em janeiro juntamente com a Copa do Nordeste e os campeonatos regionais. Esse ano a competição não fazia parte do calendário da CBF e seria realizada em caráter experimental. Por isso preferiram adiar a competição”, explicou Guimarães.

De acordo com o diretor da FAF, a única definição na reunião que o presidente da FAF, Dissica Valério Tomaz, participou na sede da CBF no Rio de Janeiro, essa semana, foi que a competição começa em janeiro e que terá, além da participação dos Estados do Amazonas, Pará, Acre, Roraima, Rondônia e Amapá (região Norte) e Mato Grosso e Mato Grosso do Sul (região Centro-Oeste), também dos Estados do Espírito Santo e Distrito Federal.

Dirigentes lamentam

O diretor de futebol do Nacional, Gilson Mota, lamentou que a Copa Verde não vá mais acontecer. “Séria uma excelente oportunidade de manter a base do elenco em atividade e começar a preparação para o ano que vem. Agora vamos nos reunir amanhã (hoje) para liberar alguns jogadores e dar férias para 15 atletas que devem retornar em dezembro para começar a preparação visando ao Rio-Nal que deve inaugurar a Arena da Amazônia. Logo depois vamos começar a pré-temporada para o Estadual do ano que vem, que começa em janeiro”, afirmou Mota.

O técnico do Princesa do Solimões, Marcos Piter, campeão amazonense de 2013, disse que a notícia do cancelamento da Copa Verde pegou todo mundo de surpresa. “A gente fica triste. Já iríamos começar a preparação do time esse mês. A diretoria estava fechando com o goleiro Rascifran e o meia-atacante Fininho, que devem reforçar o Princesa para o ano que vem. Mantemos uma base de dez jogadores que foram campeões estaduais. Agora infelizmente fica tudo parado”, lamentou o treinador do Tubarão.

Danilo é do Fortaleza

O meia-atacante Danilo Rios não é mais do Nacional. O “maestro” do meio-campo azulino, responsável pela realização de jogadas de efeito e gols importantes no Amazonense, Copa do Brasil e Série D do Brasileiro, foi contratado pelo Fortaleza (CE) e vai disputar a Série C.

Danilo viajou na madrugada de hoje para se apresentar ao seu novo clube que é o líder do grupo A da Série C com 26 pontos, e está na briga para o acesso à Segunda Divisão do futebol brasileiro no ano que vem.

“Não é um adeus, mas um até breve. Fiz muitos amigos aqui em Manaus e gosto do Nacional e da sua torcida, posso retornar no ano que vem. Saio frustrado porque não conseguimos o acesso para a Série C do Campeonato Brasileiro. Mas tenho o sentimento de dever cumprido. Fizemos grandes jogos na Copa do Brasil e demos alegrias aos torcedores”, avaliou Rios.

Segundo o meia, apesar de ter recebido propostas do Náutico - que disputa a Série A - além do América de Natal e Oeste da Série B, ele achou mais interessante a proposta do Fortaleza que está prestes a subir para a Série B. “Aceitei o Fortaleza pelo projeto do clube que está brigando para subir. Não conheço o treinador; dos jogadores, apenas o meia-atacante Joilson, que jogou comigo no Grêmio. Há duas semanas eles entraram em contato comigo e, com a eliminação do Nacional, fechei”, disse Danilo Rios.

Publicidade
Publicidade