ESTADUAL

Federação Amazonense de Futebol decide paralisar Barezão por 15 dias

A princípio, a decisão da FAF seria realizar jogos com portões fechados. Porém, de acordo com Ivan Guimarães, diretor de competições da federação, clubes preferiram paralisar a competição

Leonardo Sena
17/03/2020 às 16:53.
Atualizado em 10/03/2022 às 10:33

(Amazonas Futebol Clube e Nacional Futebol Clube em jogo realizado no dia 26 de janeiro Foto: Sandro Pereira )

A pandemia do novo coronavírus (Covid-19) impactou também o Campeonato Amazonense. Na manhã desta terça-feira (17), a Federação Amazonense de Futebol (FAF), junto com os clubes locais, decidiram paralisar o Barezão por 15 dias. A decisão surgiu em reunião, na sede da entidade, com representantes de times da elite do Estadual.

"A princípio, havia ficado decidido que realizaríamos as partidas com portões fechado, mas os clubes, depois da reunião, preferiram parar. Logo mais estaremos publicando a nota oficial com o posicionamento", declarou Ivan Guimarães em contato com a reportagem.

Marcado em caráter de urgência, o encontro não pôde contar com a presença de representantes dos clubes Penarol, de Itacoatiara, e Princesa do Solimões, de Manacapuru. Ainda assim, a diretoria do Tubarão do Norte, através do presidente Modesto Alexandre, era a favor da paralisação do campeonato.

Vale lembrar que em outros estados da região Norte do Brasil, a pandemia já havia impactado a realização dos torneios estaduais. Enquanto no Pará (PA) o campeonato foi suspenso por 15 dias, no Amapá (AP), Acre (AC) e em Roraima (RR) as partidas vão acontecer com portões fechados. Em Tocantins (TO) o torneio segue normalmente, com presença de torcida. Já Rondônia (RO) aguarda posicionamento da Secretaria Estadual de Saúde daquela cidade.

Covid-19 em Manaus

A capital do Amazonas foi responsável pelo primeiro caso de novo coronavírus na Região Norte. A confirmação veio na última sexta-feira (13), quando o Governo do Estado comunicou que uma mulher de 39 anos foi diagnosticada com o vírus. A paciente esteve em Londres, na Inglaterra, e segue sendo observada em uma unidade médica.

Em São Paulo, o vírus fez a primeira vítima fatal no Brasil. Na manhã desta terça-feira, o Governo do Estado confirmou a morte de um paciente de 62 anos de idade, que estava internado em uma unidade de saúde do estado. Hoje, o número de casos subiu para 232 em solo brasileiro.

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
© Copyright 2022Portal A Crítica.Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por
Distribuído por