Quinta-feira, 28 de Maio de 2020
Ases das piscinas

Feras da natação do AM embarcam para disputa do Brasileiro, em Curitiba

Três atletas do Estado estão no Top 10 da natação Juvenil do Brasil e vão representar a natação do Amazonas em competição no Paraná



unnamed.jpg Caio Henrique é um dos prodígios das piscinas do Amazonas e vai em busca de pódio no Brasileiro da categoria, em Curitiba (Foto: Mauro Neto/Sejel)
28/11/2016 às 16:00

Estar entre os 10 melhores da natação Juvenil do Brasil é um feito e tanto a se comemorar. E no caso dos amazonenses Caio Henrique, Elysa Oliveira e Stephany Fernandes, as posições incentivam a melhorar ainda mais. Por isso, na tarde desta segunda-feira (28), os nadadores embarcaram para o Campeonato Brasileiro Juvenil de Natação – Troféu Carlos Campos Sobrinho. A competição acontece em Curitiba-PR, entre 30 de novembro e 3 de dezembro.

Segundo colocado no último Brasileiro, Caio Henrique, 16, volta para a disputa mais experiente. Em meio aos atletas de ponta de vários Estados, o nadador que desbancar os rivais e ficar com o título nos 200 metros peito.



“Depois da prata em novembro no ano passado, dei meu máximo nos treinos, assim que começou o ano. Não vou atrás do ouro em si, mas se obtiver melhoras no meu tempo sairei de cabeça erguida, pois irei ser a prova que todo o meu esforço valeu a pena”, avaliou o nadador, que terá fortes concorrentes de São Paulo e Rio de Janeiro.

Motivada com o bronze nos Jogos Escolares de Juventude (JEJ) no início deste mês, Stephany Fernandes, 16 anos, volta a disputar o nado borboleta. Prevendo um clima frio na cidade paranaense e com adversários experientes, a atleta não perde o ânimo e espera um resultado melhor que do ano anterior.

“Nos últimos dois anos fiquei em quinto no Brasileiro, vim de um bronze no JEJ e estou muito motivada. Estou bem treinada e animada para nadar. Vai ser difícil, vai ter atletas bastante fortes, como do Rio de Janeiro, fora o frio da cidade, mas vou em busca de fazer o melhor”, revelou.

Assim como a companheira medalha de bronze, Elisa, 15 anos, espera melhorar e subir no top 10 da natação de base do Brasil. “Na minha última vez, em Belém, fiquei em oitavo no Brasileiro. Para melhorar a minha colocação, trenei todo dia mais de duas horas para ir atrás do pódio. Acredito que vou melhorar minha marca e representar bem o meu Estado. Estou ansiosa, mas bem preparada e pronta para mais um desafio.”, avisou.

Para o técnico da delegação, Victor Hugo, mais conhecido como Botinho, o Amazonas tem chances de destaque. “Daqui da nossa terra estão indo os melhores nadadores. Aqueles que nos últimos tempos vem fazendo a diferença nas disputas. Não será um caminho fácil, mas que pode ser superado”, comentou o comandante. Segundo colocado no último Brasileiro, Caio Henrique, 16, volta para a disputa mais experiente. Em meio aos atletas de ponta de vários Estados, o nadador que desbancar os rivais e ficar com o título nos 200 metros peito.

*Com informações da assessoria de imprensa


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.