Sexta-feira, 24 de Maio de 2019
PROPOSTA

Fifa divulga proposta de divisão de vagas para Copa do Mundo com 48 seleções

A proposta será enviada ao Conselho da Fifa para a próxima reunião do órgão, no Bahrein, em maio, para uma decisão final



fotos_publicas.jpg
(Foto: Foto: Marcello Casal Jr/ Agência Brasil)
30/03/2017 às 14:51

A Fifa apresentou sua proposta de distribuição de vagas para uma Copa do Mundo com 48 seleções nesta quinta-feira (30), incluindo um lugar automático para a Oceania, 16 vagas para a Europa --acima das atuais 13-- e uma repescagem com seis países de diferentes regiões por mais duas vagas.

A proposta será enviada ao Conselho da Fifa para a próxima reunião do órgão, no Bahrein, em maio, para uma decisão final, informou a Fifa.

Sob a proposta apresentada pelo comitê criado pela Fifa para a ampliação da Copa do Mundo em 2026, a Europa ficaria com 16 vagas, a África com nove, a Ásia com oito, a América do Sul com seis, a Concacaf com seis e a Oceania com uma, totalizando 46 times.

O país-sede se classificaria automaticamente, e sua vaga seria retirada de sua respectiva confederação.

As duas vagas restantes seriam decididas em um torneio de repescagem com seis países que aconteceria no país-sede da Copa do Mundo, possivelmente em novembro do ano anterior ao Mundial, afirmou a Fifa.

Esse torneio teria um país de cada confederação, com exceção da Uefa, e uma extra para o continente do país-sede.

A atual distribuição é de 13 vagas para a Europa, cinco para a África, quatro para Ásia e América do Sul e três para a Concacaf. Ásia, América do Sul, Concacaf e Oceania também têm uma vaga cada em dois duelos da repescagem.

A Fifa decidiu em janeiro ampliar o tamanho da Copa do Mundo de 32 seleções para 48.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.